Veja Como Ranquear para Múltiplas Palavras-chave com Uma Peça de Conteúdo

A segmentação por palavras-chave está morta.

Mudanças no algoritmo, como a RankBrain do Google, acabaram com sua capacidade de ranquear bem usando a segmentação por palavras-chave.

Aposto que você está se perguntando por que então estou prestes a falar sobre ranquear para palavras-chave, certo?

Bem, há uma diferença entre usar palavras-chave e segmentar palavras-chave.

Palavras-chave são apenas frases que as pessoas digitam nas caixas de pesquisa para descrever o que estão procurando.

Elas ajudam os mecanismos de busca a ordenar os bilhões de sites e posts potenciais para encontrar um conteúdo relevante.

Quando eu digo que a “segmentação por palavra-chave” está morta, eu me refiro à maneira como costumávamos usar as palavras-chave.

Graças a avanços como o Hummingbird, os mecanismos de pesquisa estão ficando muito melhores em entender o significado de uma pesquisa e corresponder os resultados a ele.

Em outras palavras, corresponder à frase exata está se tornando irrelevante e, é muito mais importante corresponder à intenção.

Antigamente, você encontrava uma única palavra-chave que tinha pouca concorrência e tráfego alto, e escrevia um post sobre ela. Era só repetir várias vezes e pronto, estava na primeira página do Google.

Certo, não era tão simples, mas você entendeu o que eu quis dizer.

Contudo, essa abordagem não funciona mais.

Agora você precisa segmentar a intenção do usuário.

Isso é uma coisa boa!

Sabe por quê?

Bem, segmentar a intenção do usuário facilita ainda mais colocar múltiplas palavras-chave em um único conteúdo.

Eu vou te mostrar como criar conteúdo que não apenas tenha várias palavras-chave, mas que também ranqueia para elas.

Mas primeiro, vamos ver a probabilidade de um post ranquear bem para várias palavras-chave, para você entender como funciona a concorrência.

É possível ranquear bem para várias palavras-chave?

Não faz sentindo encher um post com um monte de palavras-chave, se você sabe que não tem como ranquear bem para todas elas, certo?

Então, para quantas palavras-chave um único conteúdo consegue ranquear?

De acordo com o Ahrefs, as principais páginas do ranking, em média, ranqueiam para 957 palavras-chave adicionais.

blog post ranks #1 for multiple keywords

Sabemos que é bem difícil conseguir o primeiro lugar no Google. Se você é novo, até mesmo tentar pode ser prejudicial ao seu ROI.

Mas confira o nº 20.

Essa não é nem a primeira página do Google.

Mas eles ainda têm uma média de 225 palavras-chave adicionais ranqueando na primeira página.

Então, a sua palavra-chave principal está na segunda página e você tem mais de 200 outras aparecendo na primeira página.

É por isso que você sempre deve criar agrupamento de palavras-chave no seu conteúdo.

Claro, só porque é uma palavra-chave para a qual você ranqueia, não significa que ela seja boa.

Afinal, ranquear em primeiro lugar para algo que só é buscado por uma pessoa por mês, não é algo a se celebrar, certo?

O que significa que, precisamos entender para quantas palavras-chave de alto volume você consegue ranquear em um post.

Se você está tentando ranquear para uma palavra-chave que recebe, no mínimo, 10.000 buscas por mês, as chances não são boas.

Mais de 84% das páginas que ficam em primeiro lugar para uma pesquisa tão popular, só ranqueiam para aquela palavra-chave.

how many high volume keywords a single page can rank for at position #1

As coisas começam a ficar mais atraentes quando observamos os volumes de tráfego em torno de 1.000 pesquisas por mês.

Somente 35,6% dos conteúdos no primeiro lugar, ranqueiam apenas para uma palavra-chave.

O que significa que, 64,4% dos posts que ranqueiam em primeiro lugar para uma palavra-chave, também ranqueiam em primeiro para ao menos mais uma.

Você pode ver que as maiores porcentagens são duas palavras-chave (com 18,5%), seguidas por cinco a nove palavras-chave (com 16,5%).

O que significa que, se as suas habilidades de SEO estão ajudando você a ranquear na primeira página do Google para uma palavra-chave, há ótimas chances de ranquear na primeira página para várias outras palavras-chave.

O que sites que ranqueiam para várias palavras-chave têm em comum?

Agora sabemos que mais de 3 a 5 páginas (64,4%) que ranqueiam em primeiro lugar no Google, para palavras-chave com tráfego em torno de 1.000 pesquisas por mês, alcançam esse ranking para mais de uma palavra-chave.

O que eles têm em comum e que os outros não têm?

Qualquer coisa que te ajude a ranquear em primeiro lugar para uma palavra-chave, normalmente também te ajuda a ranquear em primeiro para várias outras.

Isso significa que artigos com mais palavras, melhores classificações de URL e mais backlinks, terão mais facilidade em ranquear bem para múltiplas palavras-chave.

A grande sacada, porém, deve ser o que as várias palavras-chave têm em comum.

Ao observar para quais palavras-chave os sites ranqueiam em uma posição alta, a maioria deles compartilhava ao menos uma palavra.

Em outras palavras, é importante escolher palavras-chave relacionadas e não tentar incluir muitos tópicos sem relação em um mesmo post.

Você pode usar uma ferramenta de agrupamento de palavras-chave, como a SerpStat, para te ajudar a entender quão bem as palavras-chave se encaixam.

soft clustering of URLs

Você pode optar por palavras-chave que são pouco relacionadas, como no diagrama acima, ou aquelas que tenham uma relação forte:

hard clustering

Se pensarmos sobre a forma que segmentamos públicos, isso intuitivamente faz sentido. Tentar oferecer muita coisa para muitas pessoas diferentes em um mesmo post, não funcionará para ninguém.

A melhor forma de ter várias palavras-chave em um post, é agrupar aquelas que se encaixam naturalmente.

Como conseguir várias palavras-chave que ranqueiam

Então, como você consegue várias palavras-chave relacionadas que ranqueiem bem?

Aqui estão quatro maneiras de te ajudar a encontrar as palavras-chave certas:

1. Use o Ubersuggest para encontrar palavras-chave LSI.

Se você não está familiarizado com o LSI, ele significa Latent Semantic Indexing.

Semântico significa, “relacionado ao significado na linguagem ou lógica.”

Em outras palavras, você quer encontrar palavras que se relacionam.

Existem algumas maneiras de encontrar palavras-chave LSI. Uma das minhas favoritas é o Ubersuggest.

Passo nº1: Insira Sua Palavra-chave e Clique em “Pesquisar”.

Passo nº2: Clique em “Ideias de Palavras-chave” na Barra Lateral Esquerda.

Passo nº3: Encontre as Palavras-chave certas.

O gerador fornece uma tonelada de palavras-chave relacionadas que você pode usar para incluir no seu conteúdo.

Geralmente, você pode usar esses resultados de palavras-chave para ajudá-lo a criar um esboço para uma peça de conteúdo longa.

Por exemplo, você poderia selecionar algumas das palavras-chave acima para criar um esboço como este:

  • Processo do marketing de conteúdo (intro)
  • Estratégia de marketing de conteúdo
  • Exemplos de marketing de conteúdo
  • 10 dicas de marketing de conteúdo
  • Conclusão com um PDF de uma oferta de plano de estratégia de conteúdo incorporada a um CTA

Você pode usar uma ferramenta como o Ubersuggest para conseguir várias palavras-chave que irão te ajudar a criar seus esboços, tudo com um simples clique.

Enquanto isso, você também pode descobrir palavras-chave relacionadas, também do relatório de ideias de palavras-chave. Embora as palavras-chave “sugeridas” sejam o padrão, você pode clicar em “relacionadas” para ver uma lista ainda maior.

Como você pode ver, pesquisar em “relacionadas” gera o maior número de palavras-chave. Para “marketing de conteúdo” existem 11.545. Isso deve mantê-lo ocupado por algum tempo.

Finalmente, você precisa entender claramente quais palavras-chave as pessoas reais no seu mercado-alvo estão procurando. E é aí que as abas “perguntas”, “preposições” e “comparações” entram em cena.

Por exemplo, aqui estão os resultados para “perguntas” relacionadas à palavra-chave principal:

O benefício é que os seus clientes ideais estão dizendo sobre quais tópicos eles querem que você escreva e fazem todo o trabalho por você.

Algumas dicas finais para lembrar

Agora você sabe que a melhor forma de ranquear para múltiplas palavras-chave é encontrar palavras-chave relacionadas e relevantes para incorporar a um único conteúdo.

Aqui estão algumas dicas adicionais que você deve considerar ao incluir várias palavras-chave em um post ou artigo.

Considere usar sinônimos.

Quando estiver concentrado em criar sua lista de palavras-chave relacionadas, lembre-se de considerar sinônimos.

Um sinônimo é, “uma palavra ou frase que significa exatamente ou quase a mesma coisa que outra palavra ou frase no mesmo idioma.”

Por exemplo, “parar” e “cessar” são sinônimos.

Pense em um produto e considere as diferentes maneiras pelas quais seus clientes podem fazer a mesma pergunta.

Por exemplo, “como cozinhar um bolo” e “como assar um bolo” significam a mesma coisa.

Neste contexto, eles são sinônimos.

Se você está escrevendo um artigo sobre assar bolos, o ideal é que você use ambas as palavras-chave no seu conteúdo.

Você pode ver abaixo alguns resultados de pesquisa do Google para “como assar um bolo”. Nesses resultados, aparecem artigos e sugestões que usam as duas frases.

how to make cake google search results

Use palavras-chave de cauda longa.

É mais fácil ranquear em mecanismos de pesquisa por palavras-chave de cauda longa.

Não apenas isso, mas palavras-chave de cauda longa têm mais chances de converter.

As pessoas que pesquisam por algo específico o suficiente para ser de cauda longa, têm maior probabilidade de estar no estágio ‘pronta para comprar’ de um funil de marketing.

Elas saíram de considerar sapatos para saber exatamente qual sapato querem comprar.

Lembre-se de que a razão pela qual queremos ranquear é para conseguir tráfego, mas tráfego é inútil sem conversões.

Palavras-chave de cauda longa ajudam você a ter sucesso nos dois objetivos de uma só vez, restringindo seu foco em clientes prontos para comprar.

visitor intention model keyword types

Você pode ver que as palavras-chave de cauda longa, estão tentando incluir detalhes suficientes para limitar os resultados de pesquisa exatamente para o que estão procurando.

Isso significa que elas terão menos concorrência do que as palavras-chave mais curtas e genéricas.

Os volumes de busca provavelmente também serão menores, mas você tem mais chances de ranquear bem, e as pessoas que pesquisam têm mais chances de converter.

Não tente enfiá-las todas no seu título.

Segmentar várias palavras-chave não significa colocá-las todas no seu título.

O título principal do seu conteúdo deve ter uma tag H1 e uma palavra-chave principal.

Não se preocupe por não poder ranquear para outras porque você vai.

A tag H1 ajuda os mecanismos de pesquisa a saber qual o seu título principal e tópico, mas lembre-se de que eles estão cada vez melhores em entender a intenção.

Sua prioridade para o título do seu post é torná-lo atraente para que as pessoas queiram clicar nele.

Colocar muitas palavras-chave pode deixá-lo repetitivo, difícil de ler ou antinatural.

Aqui está um exemplo de um título que tem muita informação:

too many keywords in a title

Essa empresa está tentando encaixar tanta coisa no título que nem tudo cabe no resultado da pesquisa.

Se você quer ranquear na primeira página do Google, mantenha seus títulos curtos e direto ao ponto.

Use tags de cabeçalho.

Para ajudar suas outras palavras-chave a serem indexadas pelo Google, você pode incorporá-las no esboço do seu conteúdo como subtítulos.

Cada uma deve ter sua própria tag H2 ou H3.

h1 h2 and h3 tags in blog posts

Isso ajudará os robôs do Google e leitores, a entenderem a intenção do seu conteúdo.

Elas também dividem seu conteúdo de formato longo, para facilitar a leitura.

Use sua meta descrição.

Sua meta descrição é o texto que resume do que se trata sua página.

É apenas um pequeno trecho, com aproximadamente 230 caracteres.

Sempre que sua página aparece nas SERPs, a meta descrição aparece embaixo do seu título.

meta description in search results

Como você pode ver, a meta descrição está lá para descrever brevemente para os pesquisadores sobre o que é o artigo.

Isso os ajuda a saber em qual link clicar, especialmente se os títulos forem muito vagos ou muito parecidos entre si.

As melhores meta descrições levarão as pessoas a clicar no link para a sua página, em vez dos outros resultados da pesquisa.

Você não deve usar a meta descrição apenas como uma call to action, mas também como o lugar perfeito para inserir algumas de suas outras palavras-chave.

Você pode ver no exemplo acima que o título tem “Meta Tags do Google”, enquanto a meta descrição também têm “meta tags” e “tags”.

Eles também trocaram “Google” por “mecanismos de pesquisa” na descrição.

Esse é um ótimo lugar para incorporar algumas das suas palavras-chave relacionadas nos resultados de pesquisa, sem encher o título ou afetar a legibilidade.

Não se preocupe com a densidade de palavras-chave.

Como eu disse no começo deste post, a segmentação por palavras-chave está morta.

Isso significa que tentar atingir uma certa densidade de palavras-chave não deve mais fazer parte da sua estratégia de SEO.

Na verdade, se a porcentagem da sua palavra-chave for muito densa, você poderá ser penalizado pelo Google.

O que é muito denso?

Embora não haja um número perfeito, geralmente de 1 a 3% parece ser um intervalo seguro.

Ao incluir várias palavras-chave em um conteúdo, mantenha-se na extremidade inferior desse intervalo.

Afinal, 3% pode parecer baixo, mas se de repente você tiver dez variações diferentes da mesma palavra-chave e cada uma for 3% do seu conteúdo total, isso é 30%!

Dá para imaginar como isso ficaria feio rapidamente. Ninguém iria querer ler.

Não sabe como conferir sua densidade?

Aqui está uma fórmula útil:

keyword density formula

Não se concentre muito em qual é o número exato ou qual deveria ser.

Lembre-se de que seu foco deve estar na qualidade do seu conteúdo e no valor que você está fornecendo aos seus leitores.

Desde que você use linguagem natural e seu conteúdo seja fácil de ler, sua densidade provavelmente será boa.

Os mesmos pontos são relevantes para o número de palavras-chave diferentes que você deve incluir.

Afinal, eu acabei de mostrar como você pode facilmente criar uma lista de centenas de palavras-chave relacionadas.

Se você sente que está tentando enfiar várias palavras-chave diferentes no corpo do seu post, não faça isso.

Tente encaixar naturalmente cada palavra-chave escolhida uma ou duas vezes. Se parecer forçado, deixe-a de fora e guarde-a para seu próximo conteúdo.

Faça o que fizer, torne a experiência dos seus leitores sua prioridade. O posicionamento, a densidade e o número de palavras-chave devem ser uma prioridade secundária.

O SEO é incrivelmente competitivo e o engajamento do cliente está se tornando cada vez mais importante. Se você sacrificar o prazer do leitor na tentativa de “enganar” o Google nos rankings, você não ranqueará.

Conclusão

Segmentar palavras-chave e keyword stuffing, são táticas que não funcionam mais.

Devido aos avanços nos algoritmos e na inteligência artificial, o foco precisa mudar para segmentar a intenção e conseguir o engajamento dos clientes.

Mas só porque você não está segmentando palavras-chave, isso não significa que você deve desistir de usá-las.

Afinal, elas ajudam o Google a entender qual é a sua intenção e a correspondê-la aos buscadores.

A capacidade do Google de decifrar a intenção, torna mais fácil do que nunca ranquear para várias palavras-chave em um só conteúdo.

Escolha palavras-chave relacionadas que se encaixam bem. Considere sinônimos ou perguntas e frases parecidas com sua ideia inicial de palavra-chave.

Concentre-se em palavras-chave de cauda longa. Use títulos e meta descrições da maneira certa e não se concentre na densidade de palavras-chave.

Se você fizer tudo isso, de repente seu conteúdo principal estará ranqueando para várias palavras-chave. Pode até acabar em primeiro lugar para uma palavra-chave que nunca foi seu foco principal.

Qual é a sua ferramenta favorita para conseguir palavras-chave relevantes e relacionadas?

The post Veja Como Ranquear para Múltiplas Palavras-chave com Uma Peça de Conteúdo appeared first on Neil Patel.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Veja Como Ranquear para Múltiplas Palavras-chave com Uma Peça de Conteúdo. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Guia da Pesquisa de Palavras-Chave

5 desafios enfrentados pelos CIOS neste momento

Como excluir conta do Facebook: passo-a-passo