Ads Top

Entenda o que o SEO pode proporcionar ao seu e-commerce

O termo SEO é a sigla usada para Search Engine Optimization, que traduzido para o português significa otimização para mecanismos de busca. Ele não é uma fórmula mágica, mas garante resultados incríveis para um site. Neste artigo, você poderá compreender como os motores de busca funcionam e qual a importância do SEO para o seu e-commerce.

O SEO é uma das ações do marketing digital. Ele está diretamente relacionado ao aumento do tráfego orgânico, do crescimento do ROI (Retorno sobre o Investimento) e a queda do CAC (Custo de Aquisição de Clientes). Mas para entender o seu funcionamento na prática é necessário saber três conceitos principais referentes à atividade dos motores de busca: crawling, indexação e ranqueamento.

Crawling é a etapa da busca propriamente dita. Ela é realizada com base na palavra-chave pesquisada pelo usuário. Em seguida (indexação), as páginas são indexadas como uma espécie de biblioteca da web, momento em que os mecanismos de busca as organizam de acordo com as palavras-chave relevantes e com o seu tempo de carregamento.

No ranqueamento, as páginas são ordenadas conforme a autoridade interpretada e concedida pelos motores de busca. Parece ser um longo processo, não é mesmo? Mas, como você bem sabe, tudo acontece em segundos.

É neste processo que as otimizações de SEO interferem. Elas são realizadas de acordo com o que o Google estabelece como boas práticas — para, assim, o site alcançar as melhores posições no ranking de resultados de busca. Afinal, não adianta nada oferecer bons produtos, com ótimos preços, um layout atraente, se a loja não tem visibilidade nos motores de busca — sobretudo no Google.

Ações de SEO

Dentre as principais ações de SEO, destacam-se:

  • melhoria nos títulos das páginas;
  • aprimoramento na descrição dos produtos, retirando os conteúdos duplicados e se atentando a erros gramaticais;
  • tornar as URLs mais amigáveis (ou seja, de fácil compreensão);
  • melhorias nas categorias realizando segmentações mais assertivas;
  • e criação de meta description mais atraente e objetiva.

Além disso, são feitas otimizações nas heading tags, nas imagens e nos rich snippets (que significam “fragmentos ricos”, como as avaliações dos usuários).

Outra tática de SEO interessante é a criação de conteúdo original e relevante para o seu público-alvo. Nesse caso, baseado nas pesquisas de palavras-chave consideráveis para o segmento. Além de propiciar uma experiência ainda melhor aos usuários, também impacta na maneira como os motores de busca veem o seu e-commerce. Backlinks e menção em bons sites também são interpretados positivamente pelo Google. Afinal, ele entende que a loja tem autoridade e tende a colocá-la num bom posicionamento no processo de busca.

Palavras-chave

A pesquisa de palavras-chave é essencial neste processo. Elas se referem aos termos pesquisados pelos usuários nos mecanismos de busca. É imprescindível pesquisá-las para identificar quais são as mais buscadas pela sua persona. O objetivo é utilizá-las se atentando à sua concorrência. Tudo para que as páginas do seu site correspondam ao que está sendo pesquisado pelos usuários e os motores de busca as posicionem bem.

Existem dois tipos de palavras-chave: head tail e long tail. Eles estão diretamente relacionados às etapas da jornada de compra. As palavras-chave do tipo head tail são mais genéricas e costumam possuir alto volume de busca. Apesar de proporcionarem uma quantidade significativa de tráfego, o número de conversões referentes a elas acaba não sendo muito grande. Em contrapartida, as palavras-chave do tipo long tail são mais específicas. Portanto, geram menos tráfego, mas são mais assertivas e possibilitam mais conversões.

SEO = mais vendas

Não se engane acreditando que o SEO só é importante para garantir um ranqueamento conveniente nos motores de busca. Com a sua loja mais visível, além de aumentar o tráfego orgânico e diminuir o CAC (Custo de Aquisição de Clientes), como mencionado anteriormente, também gera mais leads, aumenta as vendas e conquista autoridade.

Existem ferramentas básicas disponibilizadas pelo próprio Google excelentes para mensurar o desempenho do seu e-commerce. Elas fazem parte da análise inicial para a formulação de estratégias de otimização. São elas: Google Analytics e Google Search Console.

No Google Analytics é possível acompanhar o tráfego orgânico; reconhecer os canais que geram maior tráfego; compreender com mais exatidão quem é o seu público; identificar as páginas que recebem mais visitas, etc. Já o Google Search Console permite reconhecer quais palavras-chave impulsionaram o site durante as buscas; acompanhar a posição média durante os ranqueamentos; discernir a taxa de clique; identificar se o site tem problemas na indexação, entre outros.

É fundamental que os lojas virtuais apliquem otimizações de SEO não apenas para garantir maior visibilidade nos motores de busca. Mas, também, para se destacar da concorrência e apresentar um volume de cliques maior. É desta maneira que a taxa de conversão cresce. E o melhor: a partir do aumento de tráfego orgânico, ou seja, de visitas espontâneas, sem o investimento em anúncios pagos.

O post Entenda o que o SEO pode proporcionar ao seu e-commerce apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Entenda o que o SEO pode proporcionar ao seu e-commerce. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.