Ads Top

Diferenças entre estratégias e ferramentas de marketing digital

É comum muitos profissionais confundirem estratégias de marketing digital e ferramentas de marketing digital. Isso ocorre pela forma com que os conteúdos são publicados na internet — ferramentas e canais geralmente são destacados quando alguém relata algum case de sucesso.

Bom, o meu papel por desse artigo é organizar as ideias e esclarecer a importância desses dois itens: estratégia e tecnologia. E, claro, como elas podem ajudar o seu negócio a crescer, desde que trabalhadas da forma certa.

Estratégia do negócio

Um pilar importante para todo negócio é a definição da sua estratégia de crescimento. O papel do marketing e da área de vendas é fazer com que isso aconteça. Ou seja, que a empresa cresça e ganhe cada vez mais mercado.

Porém, na prática diversos desafios começam a aparecer. A exemplo da execução da estratégia em si, pessoas bem treinadas e envolvidas no processo, fornecedores e parceiros estratégicos… Enfim, é muito trabalho e você precisa ser ágil na execução, pois muito provavelmente o seu concorrente já está executando muita coisa.

Partindo do ponto da estratégia do negócio, verifique se itens fundamentais já estão totalmente mapeados. Tais como:

  • uma persona bem definida;
  • avaliação de mix de produto;
  • orçamento;
  • equipe;
  • e, obviamente, os canais que pretende trabalhar a comunicação e geração de audiência.

Tempo de maturação

Um dos erros que mais ocorrem no ambiente digital — que impacta diretamente no resultado de muitas empresas — é não avaliar nitidamente as etapas fundamentais do negócio. É a velha história de sair comprando mídia em qualquer plataforma sem definição de uma boa estratégia. A partir desse ponto, muitas empresas perdem recursos e, em alguns casos, desistem do seu próprio projeto.

Se existe algo que eu aprendi é que, se alguém conseguiu atingir o sucesso de alguma área, então é possível de chegar até lá ou até mesmo a níveis maiores.

No e-commerce não é diferente. Se você está iniciando uma operação digital, entenda que o negócio leva tempo para performar, da mesma forma que a sua indústria ou loja física também levou para crescer e ganhar relevância.

Relevância por meio da missão, visão e valores

Toda empresa em sua essência possui uma causa na qual acredita, uma missão que pretende realizar, valores que pretende manter e uma visão de como chegar até lá.

Se esses aspectos não estão claros para você, reveja o seu posicionamento. Eu posso te afirmar que as pessoas se conectam muito mais com o seu propósito do que apenas com produtos e serviços.

Recentemente fiz uma breve publicação em meu linkedin, onde afirmei a importância de um e-commerce investir em sua própria marca — afinal, é o maior ativo que o negócio possui. E quando eu digo marca, me refiro novamente aos aspectos que envolvem sua missão, visão e valores.

Você precisará criar formas de transmitir isso ao mundo. Não apenas no discurso, mas também no comportamento e nas ações. Quando isso é passado a adiante, você terá uma equipe engajada e uma base clientes fiel ao seu negócio.

Bons processos e excelentes pessoas

São poucas as vezes que eu vejo varejistas e gestores de e-commerce discutindo sobre a importância da melhoria de processos e o treinamento e desenvolvimento das pessoas.

Lembre-se que tanto os processos da empresa quanto as pessoas são fundamentais para o sucesso do negócio. Não adianta possuir o melhor produto do mundo, se não houver bons processos e pessoas engajadas em fazer o negócio crescer.

A forma mais eficiente de melhorar os processos é observando, avaliando o fluxo adotado pela empresa. É incrível como a partir de observações nascem novas ideias e soluções.

Não deixe de envolver o seu cliente nesse assunto. Se existe alguém que contribuirá muito com ajustes de melhoria em uma empresa, esse alguém é o seu cliente. Colete o máximo de feedbacks possíveis e busque uma nota boa em seu NPS (Net Promoter Score).

Quando falamos de pessoas, precisamos compreender que diferentemente das ferramentas e processos, as pessoas possuem medos e desejos. Portanto, é importante entendermos mais sobre elas e buscarmos formas de incentivá-las a continuar evoluindo. É o nosso papel como gestores fornecer ferramentas e caminhos elas se desenvolverem.

Um time engajado e se desenvolvendo constantemente fará com que a sua empresa chegue em níveis muito mais altos.

Veja que até o momento levantei temas que também fazem parte da etapa estratégica do negócio. Faça uma reflexão sobre como estas etapas estão sendo tocadas em seu negócio.

Ferramentas de marketing digital

Finalmente chegamos nas ferramentas de marketing digital, que também são muito importantes. Afinal, são elas que aceleram o crescimento do negócio.

Primeiro precisamos responder uma questão: qual estágio o seu negócio está no momento?

  1. Estágio de aquisição de clientes (crescimento)
  2. Estágio de fidelização de clientes (retenção)

É importante saber em qual momento você está, pois a estratégia de marketing precisará ser ajustada para o rumo certo — e economizando tempo e recursos.

Caso você esteja no estágio de aquisição de clientes, ou seja, iniciando uma operação digital, você precisará investir em canais adequados para gerar vendas.

Canais digitais e ferramentas

Search Ads

Nada mais são do que campanhas pagas em buscadores como o Google. Funcionam muito bem, desde que a sua demanda esteja consciente sobre o produto/serviço e esteja em momento de busca, muito mais próxima do momento de compra.

SEO

Fundamental para ganho de escala no longo prazo. Investir em estratégias de SEO é uma das formas mais inteligentes de obter novos clientes com um custo menor. Afinal, você não sofrerá oscilações como ocorre nas mídias pagas, onde o sistema é baseado em leilões (quanto mais demanda comprando uma audiência ou termo, mais caro fica).

Afiliados

Uma excelente alternativa como canal de aquisição. Existem diversas pessoas que possuem audiência relevante na internet, pois geram conteúdo por meio do seu portal, blog, site… Elas podem te ajudar a vender mais por meio de indicações — em troca de uma comissão pela venda, claro.

Vale ressaltar que uma boa estratégia de afiliados envolve gestão, análise do perfil de perfil e entender quais são as margens que você pode oferecer pelo resultado gerado.

Influenciadores

Se houver uma boa definição e avaliação de perfil, também são excelentes aliados. Os bons influenciadores moldam e formam a opinião de muitas pessoas. Por isso não busque influenciadores apenas pelo número de seguidores. Foque em avaliar o quanto se identificam com a sua marca e produto, e o quanto são engajados com a audiência por meio da geração de conteúdo.

Social Ads

O social Ads nada mais é do que o formato de campanhas pagas dentro das plataformas de mídia sociais. O Facebook Ads e o Instagram são exemplos práticos disso.

Uma forma inteligente de trabalhar essa mídia é buscar alcançar pessoas novas, por meio de conteúdo útil e chamativo. Também é possível trabalhar campanhas de remarketing para pessoas que demonstraram interesse e já interagiram com o seu e-commerce em algum momento.

E-mail

Existem diversas plataformas disponíveis no mercado, com diversas funcionalidades e recursos que podem ser explorados.

Caso você acredite que o e-mail como canal não gera resultado para um e-commerce, sinto em te dizer que está muito enganado. Afinal, ele é um excelente canal quando bem trabalhado. Há projetos em que ele chega a representar até 15% do faturamento da loja.

O ponto-chave está em buscar uma plataforma de CRM para o seu e-commerce. Em relação a recursos, tende a gerar muito mais resultados do que uma ferramenta de e-mail marketing comum, por exemplo.

Considerações importantes

Durante alguns anos avaliando diversos e-commerces, notei que alguns gestores cometem o seguinte erro: adotam excelentes ferramentas, ativam diversos canais, mas esquecem do seguinte: “a minha estratégia está realmente pronta para execução?”.

Falamos inicialmente sobre as estratégias do negócio, sejam os processos, meta, profissionais envolvidos, fornecedores estratégicos, etc. Tudo precisará estar ajustado para que você tenha maiores chances de sucesso.

O meu time está preparado para operar essas ferramentas com eficiência?

É muito importante a capacitação das pessoas do seu time. Não adianta adotar a melhor ferramenta, a melhor plataforma, os melhores canais de mídia, se o seu time não estiver pronto e capacitado para operar essas tecnologias.

Considerando que a sua estratégia esteja alinhada e o seu time preparado, mãos à obra! A melhor forma de alcançarmos os resultados é executando de maneira consciente e acompanhar os indicadores.

Mesmo no marketing digital não existe fórmula mágica, tampouco um único jeito de fazer as coisas. Você terá que testar e validar diversas hipóteses.

Espero que este artigo tenha te ajudado de alguma forma!

Muito sucesso e boas vendas.

O post Diferenças entre estratégias e ferramentas de marketing digital apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Diferenças entre estratégias e ferramentas de marketing digital. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.