Ads Top

CTA: Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre Call to Action

Sempre que pensamos em melhorar a usabilidade de um site, pensamos em breadcrumb navigation, otimizar a home, melhorar a estrutura de links e uma série de outras alterações muito importantes para fazer com que a experiência do usuário no site seja excelente. Entretanto, será que não está faltando nada no “checklist de usabilidade”? Você sabe o que é CTA(call to action)?

No artigo de hoje, vamos falar sobre CTA e como esse recurso pode ser bem aplicado em seu site, a fim de alavancar seus resultados. Dê o play no vídeo abaixo e entenda mais sobre o assunto:

O que é CTA — Call to Action?

CTA é um acrônimo para call to action, o que significa “chamada à uma ação“. Ou seja, são links ou funções de uma página que levam os usuários a realizar ações.

No universo de marketing digital é essencial utilizar CTAs, afinal, todas as estratégias são definidas para atingir algum objetivo. Com a ajuda dos call to actions, você conseguirá ganhar mais seguidores, gerar mais leads e vender mais. Tudo vai depender de qual é o seu alvo.

Porque os CTAs são Importantes?

Usabilidade é a palavra de lei para os CTAs, pois eles facilitam a navegação do usuário, tornando-a mais clara e fácil. Além do mais, eles podem te ajudar no processo de convencer seu usuário a fazer o que você deseja (obviamente, se essa for a vontade do seu usuário).

Os CTAs são muito interessantes para blogs e sites informativos — enquetes, inscrições em feeds, usar um selo, indicar um aplicativo, votar em postagens — que atire a primeira pedra o blogueiro que nunca quis que seus leitores realizassem essas ações.

Devemos ressaltar que os CTAs devem ser claros, objetivos e ter uma forte relação com sua proposta. Ninguém gosta de clicar em um botão para realizar uma determinada ação e se deparar com algo completamente diferente daquilo que foi proposto inicialmente.

Apesar de falarmos sobre links e botões, também é importante deixar claro que os CTAs podem estar presentes no seu conteúdo escrito de um artigo ou mesmo em uma imagem. Pode ser uma frase curta que induza a pessoa a agir, mesmo que ela não esteja já linkando para alguma outra página ou site. Em resumo, o CTA é um recurso para chamar seu público a realizar uma ação.

Tipos de CTAs

Os tipos de CTAs variam de página para página e podem ser links de navegação, links para compras, links para formulários de inscrição e podem ser classificados da seguinte maneira:

CTA Primário

Call to action primário é aquele que apela para a funcionalidade da página. Por exemplo, vamos supor que desejamos comprar uma geladeira X em um site de e-commerce. A página referente à geladeira que escolhermos tem a funcionalidade de vendê-la. Um claro exemplo de CTA primário nessa página é o botão de comprar/adicionar ao carrinho.

CTA Secundário

Para explicar o call to action secundário vou utilizar novamente o exemplo da geladeira. Uma boa opção de CTA secundário é oferecer produtos relacionados em um ponto estratégico da página. A foco principal da página da geladeira é vendê-la, entretanto, ela também poderá vender os produtos complementares — o foco secundário.

Como Montar um CTA

Agora que já sabemos como um CTA é importante e os dois tipos principais, fica uma dúvida: “Como montar um CTA excelente?”. Para tanto, basta prestar atenção nos seguintes itens:

  • saiba o que os usuários desejam;
  • crie um conteúdo específico;
  • utilize a cor ideal para sua estratégia;
  • entenda a importância de conversão e de posicionamento. 

Vou abordar estes tópicos a seguir.

Escreva para a persona e saiba o que os usuários desejam

Considere o tipo de visitantes de uma página. Como é que essas pessoas chegaram lá? O que elas procuram?

Ao responder a essas perguntas você consegue identificar qual seria o próximo passo lógico de seus usuários e, dessa maneira, poderá oferecer o que seus visitantes desejam por meio do CTA certo.

Considere a etapa do funil de vendas

Além de saber quem é o seu público e quais os interesses dele, é importante compreender em qual fase da jornada do consumidor ele está e também a etapa do funil de Inbound.

O que quero dizer é que você precisa considerar as necessidades do momento do público para criar o melhor CTA. 

Por exemplo: se o seu consumidor ainda está na fase de descoberta, você não deve oferecer um produto/serviço e fazer uma chamada com “compre agora”. Ele precisará entender mais sobre o que você vende, descobrir a necessidade, considerar e seguir nas próximas etapas com CTAs adequados a cada uma delas. 

Isso porque se as chamadas forem desalinhadas ao momento em que o consumidor está, ele não vai se identificar com a comunicação e ela não terá efeito sobre ele. 

Crie um conteúdo específico para os CTAs

Esqueça dos textos âncora genéricos. “Clique aqui” é apenas um exemplo de âncoras que você não vai utilizar. 

Além de facilitar a vida de seu usuário, utilizar textos âncoras personalizados vai te auxiliar até mesmo no link building de seu site. Cada tipo de página deverá ter seu próprio tipo de botão. 

Mas atenção, escreva textos curtos, auto-explicativos e precisos para seus botões. Aliás, uma boa maneira de montar esse tipo de link é com botões gráficos personalizados.

Utilize a cor ideal para sua estratégia

Por incrível que pareça, a cor a ser utilizada também é muito importante. Assim como temos cuidado na hora de escolher as cores utilizadas no design, é interessante prestar uma certa atenção na hora de escolher a cor dos nossos CTAs, pois para cada tipo existirá uma cor que vai se adaptar melhor à finalidade do mesmo.

CTA: Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre Call to Action

Vermelho: A cor vermelha tem um efeito marcante na percepção visual dos seres humanos, tanto pelo seu aspecto físico (são as ondas mais largas do espectro de cores visíveis pelo homem) tanto na sua simbologia. E é justamente pelo destaque que proporciona, deve ser utilizado com moderação. Geralmente é utilizado para avisos e erros, mas também pode ser a cor perfeita para um botão de “compre agora”.

Curiosidades sobre a cor vermelha: é a primeira cor que o olho enxerga pela manhã e a primeira que a criança consegue reconhecer.

Amarelo: É a primeira cor que o olho humano consegue visualizar, e é justamente por isso que são amplamente utilizadas em placas de trânsito. Amarelo também é uma boa cor a ser utilizada em CTAs. Da mesma maneira que o vermelho, devem ser utilizadas com cautela.

Curiosidade sobre a cor amarela: Estimula a memória.

Laranja: Tem um efeito menos marcante que o vermelho ou o amarelo, mas não é menos interessante. Também é ótimo para CTAs.

Ao considerar a cor para os seus botões, leve em consideração que apesar da cor ter que proporcionar um destaque aos botões em relação às cores utilizadas em seu site, ela não deverá atrapalhar o seu design original. Aliás, se você quer mais algumas dicas nesse assunto, no Monkey C Media você vai encontrar um artigo muito interessante sobre as cores e os CTAs.

Montar CTAs atrativos e eficientes pode ajudar e muito na melhora da conversão de sites e blogs. E, assim como algumas das principais técnicas de SEO, não demanda grandes esforços ou técnicas complicadas, bastando apenas se apoiar na experiência do usuário e como ela pode ser melhorada.

Entenda a importância de conversão e de posicionamento

Uma das principais metas ao iniciar uma campanha de SEO, com certeza, é a melhora de posicionamento nas pesquisas. Entretanto devemos ter em mente que as conversões também são muito importantes. 

De que adianta ter ótimos posicionamentos e número de visitas se os usuários não realizam as ações desejadas dentro do seu site? Ou se, no caso de blogs, os usuários apenas dão uma olhada na landing page e não permanecem no site?

Conteúdo de qualidade e usabilidade são dois fatores essenciais para a conversão de um site. No quesito usabilidade, ter um carinho especial com os CTAs de seu site com certeza é algo de grande valia. 

Mas, se você já tomou providências em relação a seus CTAs e mesmo assim não obteve bons resultados, está na hora de se perguntar: “Meus usuários estão vendo os CTAs?”.

O que não fazer ao criar um CTA?

Vou listar alguns motivos que podem impedir os visitantes do seu blog ou site de verem os CTAs.

Utilizar cores de tons muito próximos

Os CTAs são elementos que precisam de um certo destaque na página. Entretanto, muitos designers — a fim de não interferir nas cores do template — preferem utilizar cores muito próximas daquelas já utilizadas no site. Dessa maneira, os CTAs ficam “apagados” na página.

Uma boa forma de contornar essa situação, sem fazer um carnaval de cores na página, é escolher uma cor que dê um destaque moderado. Se o site está em tons de azul ou verde, por exemplo, abóbora ou vermelho são ótimas opções — nem que sejam utilizadas em tons pastéis.

Lembre-se de que estética é importante, mas é necessário encontrar um equilíbrio para que a beleza de uma página não tire o foco do necessário: as conversões.

Deixar as páginas “poluídas”

Abarrotar vários elementos em uma página a torna difícil de decifrar e muito pouco convidativa para o usuário. Isso geralmente ocorre em sites onde se exagera na quantidade de anúncios de publicidade, AdSenses, botões, imagens e outros elementos. 

Nesse tipo de página é difícil identificar corretamente a funcionalidade de cada elemento, ou seja, elas se tornam muito pouco convidativas para o usuário. Nesse caso, tome cuidado com a quantidade de elementos que você tem em cada página.

Nenhum usuário vai querer perder tempo procurando por um botãozinho perdido em uma página repleta de coisas. Outra maneira de evitar essa situação é ter bem definidas as funções de cada página.

Ter páginas muito pesadas

Esse tipo de página pode ou não ser conseqüência do tipo anterior. Nem todas as pessoas utilizam internet de alta velocidade, nem todas as pessoas têm tempo de esperar as páginas serem carregadas e, se tiverem, isso não garante que vão esperar.

Uma boa maneira de evitar esse problema é escolher modelos simples de templates e, mais uma vez, tomar cuidado com a quantidade de elementos inseridos na página — o tamanho da página é essencial.

Criar títulos não atrativos ou incoerentes

Os títulos utilizados têm a funcionalidade de convencer o usuário a clicar nos botões. Portanto, eles precisam ser atrativos, mas, ao mesmo, explicativos. 

Textos não atrativos não vão convencer o usuário a clicar nesses botões, textos que não têm nada a ver com a finalidade do botão farão com que seus usuários se sintam enganados. E, conseqüentemente, seu site perde credibilidade.

São pequenos detalhes, mas prestar atenção neles e trabalhar suas páginas de forma a evitar esses erros pode ser a diferença entre páginas que convertem bem e outras que não. 

Melhorar a usabilidade é uma estratégia de SEO simples, mas muito eficaz — páginas intuitivas e fáceis de utilizar com certeza ajudam o seu site a dizer um “volte sempre” a seus usuários, ao contrário de espantá-los para sempre.

Não dar atenção ao mobile também é um erro

Verifique sempre se o seu site está preparado para os acessos via dispositivos móveis. Muitas vezes, seus calls to action funcionam bem e ficam bem nítidos e visíveis apenas na versão desktop. 

Por isso, é fundamental fazer o teste e simular a navegação em tablets e celulares de diferentes tamanhos de tela. Deixando tudo ajustado para qualquer forma de navegação, certamente sua taxa de conversão será muito maior.

Como mensurar os resultados do CTA — Call to Action?

Sim, é preciso mensurar os resultados dos CTAs para entender se eles estão funcionando, se precisam de ajustes ou até mesmo serem refeitos. 

Para isso, você precisará analisar as métricas de cada plataforma — gerenciador de anúncios, ferramenta de e-mail marketing, site, etc. Além de entender números como os cliques em botões, você pode buscar saber dados ainda mais específicos no Google Analytics.

Se você parametrizar os links, conseguirá entender de onde os clique vieram, quem clicou, qual o perfil das pessoas, seus interesses, entre outras informações relevantes.

Caso você também queira saber mais sobre como fazer marketing digital com dados de uma forma muito mais simples, pode contar com o nosso curso de Google Analytics e Tag Manager.

Aprenda mais sobre como fazer Inbound Marketing para E-commerce

Call to action é apenas uma das coisas que você precisa saber para desenvolver um bom trabalho de Inbound Marketing. Por isso, convidamos você a baixar nosso e-book gratuito sobre Inbound Marketing Para E-commerce para aprender tudo sobre o assunto!

O post CTA: Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre Call to Action apareceu primeiro em Agência Mestre.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre CTA: Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre Call to Action. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.