Ads Top

Como usar o seu ERP para vender em marketplaces

Você já deve ter ouvido a frase: não basta mais ter uma loja virtual, é preciso ter presença em marketplaces! Em meio a uma nova era de vendas online em que estamos vivendo, estar em marketplaces é uma maneira do seu negócio conquistar novos públicos e possibilidades no e-commerce. Vale sempre pensar que quanto mais seu produto for visto e acessado, mais chances de compra e maior a possibilidade de garantir uma boa reputação para a seu negócio.

O e-commerce vive um momento de ascensão e é um formato que é fortemente embasado pela experiência do cliente, e o consumidor cada vez mais tem ditando os comportamentos de compra e também de venda. A jornada de experiência começa desde a disposição do produto, descrições, contatos, até a finalização e recebimento da compra. E é por isso que utilizar um sistema de gestão ERP é tão importante no processo de venda em marketplaces: ele auxilia na organização dos processos e integra diversos processos. Resumindo, facilitando o trabalho do lojista e, consequentemente, melhorando a experiência do cliente.

Entrando no marketplace

Para vender no marketplace, primeiramente é necessário que o lojista se cadastre na plataforma e se adeque às regras e taxas de pagamento de cada plataforma. E para quem está iniciando no meio online, os marketplaces também são ótimas escolhas. Afinal,  significa que você poderá alcançar uma grande variedade de públicos, aumentando sua presença digital. Também é importante estar em diversos marketplaces para que esse alcance seja ainda maior, indo ao encontro da procura do consumidor.

Um sistema de gestão é um grande facilitador para todos os negócios — e as facilidades se intensificam quando o assunto é e-commerce. Por isso, a primeira dica é sempre dispor de um sistema de gestão online. Dê preferência às versões em nuvem, para poder trabalhar remotamente ou na empresa.

Um ERP faz integração com marketplaces e passa a se tornar um aliado no trabalho do dia a dia. Ele eleva a produtividade dos colaboradores e garante mais tempo para a equipe pensar no negócio de forma inteligente, criativa e estratégica. Também vale lembrar que os canais de venda ficam integrados, associando vendas, estoque, produtos, cadastro de clientes e emissões de notas fiscais em uma plataforma única.

Ele passa a se tornar o fio condutor do seu trabalho, principalmente se a ideia do lojista é vender em múltiplos canais. Quanto maior for a audiência do seu e-commerce e mais nichado o produto, mais chances terá de converter. O ERP também auxilia a sua gestão quando o negócio passa por uma expansão digital (ao agregar o online ao físico). Cada venda realizada passa a entrar no mesmo financeiro e descontar do mesmo estoque, evitando erros de atualização manual.

Entendendo as funções de um ERP

Confira a seguir o que um ERP faz pelo seu e-commerce:

  • Integra aos marketplaces;
  • Emite notas fiscais;
  • Cadastra, controla e organiza o estoque;
  • Gerencia vendas e controla as finanças;
  • Emite boletos;
  • Cadastra clientes em uma plataforma única;
  • Faz integrações logísticas;
  • Economiza tempo de gestão e energia dos colaboradores com processos manuais.

Gerenciar um negócio no e-commerce também envolve muito processo de gestão interna. Por isso, manter os processos organizados é fundamental para melhorar a experiência do consumidor. A partir daí surge a importância do ERP para operacionalizar os serviços relacionados ao e-commerce de forma integrada com todas as frentes de atuações.

Optar pela integração do negócio ao marketplace — realizando a venda em diferentes plataformas de uma maneira mais automatizada e inteligente — amplia as possibilidades do vendedor converter. E, ao mesmo tempo, faz com que a empresa marque presença no setor, ampliando a vitrine a diferentes consumidores.

O post Como usar o seu ERP para vender em marketplaces apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Como usar o seu ERP para vender em marketplaces. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.