Ads Top

Big Data no Marketing: 6 dicas de como usar e coletar dados para melhorar a taxa de conversão

O big data no marketing pode ser entendido como uma coleção de informações e dados relacionados a uma série de questões estratégicas para negócios como:

  • mercado;
  • clientes;
  • persona;
  • concorrentes;
  • métricas e indicadores de campanhas.

Por meio da tecnologia, o big data coleta, armazena e combina dados para gerar informação e inteligência. 

Como você pode perceber, essas informações que compõem o big data no marketing têm diferentes origens e podem ser usadas para compreender as principais áreas que impactam um negócio

A verdade é que com a transformação tecnológica, big data e marketing se tornaram termos que andam, constantemente, de mãos dadas.

Não há decisões de marketing estratégicas que não passem pela avaliação das informações de big data. 

De maneira geral, o big data tornou as decisões estratégicas das empresas mais assertivas, oferecendo a base de informações necessárias para essa tomada de decisão.

Como usar big data no marketing?

Quantas vezes você e sua equipe já tiveram dúvida sobre como abordar um cliente, qual discurso usar em uma campanha, qual estratégia atrairia mais leads e o que geraria maiores taxas de conversão?

E se você pudesse ter mais certeza sobre a decisão que está sendo tomada?  

Bom, com o uso dos dados e informações geradas a partir do big data, você e sua equipe podem ampliar a assertividade na tomada de decisões estratégicas do setor de marketing. 

Com o big data sua empresa tem maiores chances de atingir a pessoa certa, na hora ideal, com a mensagem adequada. Afinal, você tem mais informações para escolher, de maneira correta:

  • a persona;
  • o canal;
  • a mensagem.

Entre os benefícios de usar o big data no marketing podemos citar:

  • maior compreensão sobre o público-alvo;
  • redução de gastos a partir da criação de campanhas mais otimizadas; 
  • domínio de informações sobre o comportamento do consumidor;
  • melhor entendimento sobre a concorrência;
  • compreensão da resposta do consumidor em relação às ações da sua empresa e mais.

A seguir, listamos algumas maneiras de usar o big data no marketing e alcançar os benefícios listamos acima. Confira!

1. Planejamento de marketing

O big data tem como objetivo de contribuir para a criação de ações de marketing que tenham maior embasamento de dados sobre comportamento dos consumidores, demandas do mercado e muito mais. 

Dessa forma, o big data no marketing se tornou importante para a criação de todo o planejamento de marketing de um negócio, seja a curto, médio e longo prazo. 

Use as informações coletadas a partir da análise de dados e identifique, por exemplo, oportunidades e ameaças do mercado. 

2. Decisão sobre investimentos

Marketing exige investimento. Seja em anúncios, na produção de conteúdo, na busca por engajamento, na produção de vídeos … mas onde investir?

O big data no marketing ajuda sua empresa a entender quais plataformas oferecem um retorno sobre investimento mais robusto e quais canais fazem você perder tempo e dinheiro. 

Use isso a seu favor, otimizando seus investimentos. 

Amplie o investimento em canais que trazem retorno para sua empresa e altere sua política em relação a canais com resultados abaixo do esperado. 

3. Criar conteúdos relevantes e alinhados à jornada de compra

O big data permite que os profissionais de marketing identifiquem quais conteúdos estão mais alinhados à cada etapa do funil de vendas que cada persona está.

Dessa forma, é mais fácil criar conteúdos para cada fase da jornada de compra, desde a fase de atração (descobrimento) até a conversão.

Ao criar uma mensagem que está alinhada ao que o usuário precisa naquele exato momento (sem colocar a carroça na frente dos bois), você dá um passo em direção ao fundo do funil. 

Big data no marketing

4. Criar produtos alinhados às necessidades do cliente

Um dos P’s de marketing, criados por Philip Kotler, diz respeito a produto

Isso quer dizer que parte do marketing está relacionado à própria criação de produto

Nessa etapa, o big data no marketing pode ser ainda mais útil. 

Ao permitir que comportamentos e demandas sejam mapeados, o big data contribui para a própria definição do que será ofertado, ou seja, para a definição do tipo de serviço ou produto que sua empresa deve comercializar.

Por meio das informações coletadas pelo big data sua empresa pode criar soluções personalizadas, com potencial de atração e conversão muito maiores.

5. Oferecer uma melhor experiência para o cliente

Assim como é possível criar melhores produtos e serviços, alinhados com as demandas do mercado e dos consumidores, também é possível gerar uma melhor experiência para o cliente.

Por meio das informações compartilhadas é possível encontrar as opções ideais de canais de venda, marketing, suporte, distribuição e mais. 

Tudo isso irá agregar à experiência do cliente, principalmente, em uma realidade omnichannel. 

6. Otimizar pontos de conversão

Por último, mas não menos importante, com o big data no marketing você também pode contribuir para melhores taxas de conversão. Isso acontece com o aprimoramento de:

  • CTA;
  • análise de desempenho de anúncios;
  • níveis de engajamento;
  • taxa de cliques. 

Em suma, as métricas do marketing digital também fazem parte do big data e devem ser usadas para otimizar canais, mensagens e, consequentemente, seus resultados. 

Diante de tudo o que acabamos de citar, é importante relembrar a Lei Geral de Proteção de Dados, que regula o compartilhamento de dados e garante a privacidade dos consumidores. Fique atento!

Como ter acesso aos dados do Big Data?

É comum acreditar que o big data é assunto para grandes empresas, entretanto, fato é que ele pode ser ainda mais estratégico para médias e pequenas empresas que possuem um capital para investimento restrito.

Para aproveitar os benefícios que listamos até aqui, sua empresa pode usar ferramentas como o Google Analytics, um sistema gratuito, que compartilha dados valiosos para suas ações de marketing. 

As plataformas de análise de dados dentro de redes sociais, email marketing e automação de marketing também podem gerar dados e insights valiosos para suas campanhas e para seu negócio como um todo.

A LAHAR é um softwares de automação de marketing que permite que você vincule a plataforma ao Google Analytics. A partir dessa integração você irá obter informações importantes sobre seus visitantes, além de ter acesso a uma leitura melhor do seu ambiente de marketing digital.

A LAHAR também disponibiliza e reúne relatórios que permitem rápido acesso a métricas de cada estratégia, seja para uso interno ou apresentação para clientes e demais setores da empresa. 

Por meio dos dados disponibilizados pela ferramenta, tome decisões mais consistentes e embasadas sobre os próximos passos da estratégia.

Entre em contato com a nossa equipe e descubra como podemos ajudar você!

O post Big Data no Marketing: 6 dicas de como usar e coletar dados para melhorar a taxa de conversão apareceu primeiro em Blog LAHAR - Tudo sobre Automação de Marketing para PMEs.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Big Data no Marketing: 6 dicas de como usar e coletar dados para melhorar a taxa de conversão. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.