Ads Top

Para quem começa a vender no mundo online, atenção às tentativas de fraudes

Esperamos ver, nesses próximos meses, um possível aumento das compras online. Seja por meio dos apps de entregas em domicílio ou por e-commerces e marketplaces, é de se esperar que os consumidores demonstrem mais interesse em realizar transações digitais. E um ponto me chama a atenção nesse momento de quarentena em que vivemos: muitos estabelecimentos comerciais estão migrando seus negócios físicos para o mundo virtual. Mas afinal, quais seriam boas recomendações para esses empreendedores que desejam seguir por esse caminho?

Quem está entrando no e-commerce

Para quem está começando com um e-commerce, posso dizer que se trata de um admirável — e complexo — mundo novo. O primeiro passo vai depender muito do tamanho do seu negócio. Se você for um pequeno ou micro empresário, uma opção é se conectar com um dos muitos marketplaces do mercado. Caso seja um médio empresário, cheque com seu credenciador quais soluções ele pode disponibilizar para te ajudar nessa migração para o online. Tanto o marketplace quanto o credenciador conseguem entregar muitas soluções de forma rápida e segura. Vale avaliar em termos de custos e customização o que faz mais sentido para o seu negócio.

Mas por que motivo deve fazer isso? Imagine que você terá que estruturar sua loja virtual, digitalizar os produtos ou expor seu catálogo de produtos ou serviços online. Além disso, é preciso resolver questões logísticas, de distribuição, precificação, estoque e integração de sistemas. Também deverá se atentar para a comunicação de seus produtos ou serviços de forma adequada. Tudo para que seu público conheça e tenha acesso a seu catálogo completo e possa, não só comprar, mas também tirar dúvidas ou fazer comentários. É imprescindível manter esse canal aberto com o cliente na outra ponta – proximidade e um bom atendimento ao cliente são algumas das chaves para o sucesso.

Pagamentos

O pagamento merece uma atenção especial, o empreendedor precisa disponibilizar diferentes métodos de pagamentos eletrônicos para que seus clientes possam escolher a que lhe for mais conveniente. Aqui entra um ponto de atenção: quando se começa a vender online, o estabelecimento comercial está mais exposto a fraudadores, que buscam formas de fraudar compras em estabelecimentos comerciais não protegidos.

Segurança é a palavra-chave. Especialmente quando acontecem as trocas de informações entre o cliente, o emissor do cartão do comprador e o estabelecimento comercial. Além de se preparar para possíveis ataques de fraudadores, também é necessário armazenar e descartar, de forma segura, as informações e credenciais de pagamento cadastradas por seus clientes.

Ataques comuns

Alguns dos ataques de fraudes mais comuns que estabelecimentos comerciais online podem enfrentar durante esse período são o aumento dos chamados ‘testes de cartões’, no qual os fraudadores usam os sites para testar os dados de cartões roubados. Outro ataque comum é a invasão de conta, que pode ocorrer de várias formas, mas tem como alvo principal modelos de “card on file”, no qual os dados dos consumidores ficam salvos no e-commerce. Os fraudadores podem tentar hackear caso os estabelecimentos comerciais não tenham bons sistemas de segurança ativos. Os fraudadores tentam se apropriar de contas “card on file”, recém-criadas ou inativas para usar em pedidos fraudados. Algumas características para se atentar e identificar este tipo de ataque, incluem várias mudanças recentes de endereço de entrega ou um aumento nos pedidos de contas antigas ou inativas.

E, a última que faço ressalva, são as fraudes relacionadas à criação de contas. Da mesma forma, com tantas contas novas de pessoas que estão começando a comprar online, pode ser mais difícil diferenciar as contas novas das fraudulentas. Considere ser proativo em solicitar um e-mail ou número de celular secundário para ajudar na confirmação da identidade de seus clientes. Existem avançadas ferramentas de segurança e antifraude disponíveis no mercado que oferecem serviços nesse sentido, soluções de autorização e autenticação que podem ajudá-los nesta identificação no dia a dia durante as transações digitais.

Autenticação 3DS 2.0

Almejando a segurança dos pagamentos online, novas tecnologias são constantemente desenvolvidas — com o objetivo de se antecipar às tentativas de fraudes mais habilidosas por hackers. Dentre as inovações, o novo padrão de autenticação 3DS 2.0 ajuda a avaliar se o comprador é legítimo antes mesmo da transação de pagamento ocorrer. Ele examina dezenas de fatores de risco, como o tipo de navegador e do dispositivo e, acima de tudo, privilegia a experiência do consumidor.

Procure o parceiro ideal para o tamanho do seu negócio. Pesquise e avalie as empresas que ofereçam soluções como antifraude, processamento de pagamentos, provedor etc. O mundo das compras virtuais abre um novo horizonte de negócios. Tenho certeza de que o mundo não será o mesmo após esse momento, e talvez nem a sua empresa. Mas aprendi que em momentos de crise, precisamos estar atentos às oportunidades. E o e-commerce está aí para te ajudar agora e com certeza no futuro.

O post Para quem começa a vender no mundo online, atenção às tentativas de fraudes apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Para quem começa a vender no mundo online, atenção às tentativas de fraudes. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.