Ads Top

Como usar o WhatsApp para fazer um programa de afiliados

O uso do WhatsApp e de outros apps de mensagens não é mais novidade para o comércio eletrônico. Faz algum tempo que as lojas têm optado por empregar essas plataformas para abordar o cliente e, em muitos casos, fechar a venda.

Tanto é verdade que se tornou comum vermos os números de WhatsApp sendo destacados nos materiais de divulgação das lojas.

Essas iniciativas vão ao encontro das exigências do consumidor que tem um comportamento omnichannel. Ou seja, não faz diferença entre os diversos canais e demanda um atendimento integrado.

Na prática, isso significa que não basta mais oferecer diversas opções para o cliente, mas sim cuidar para que as suas informações sejam devidamente registradas.

Neste artigo, vamos mostrar como a estratégia de uso do WhatsApp poder ser ainda mais diversificada, ampliando as perspectivas de negócios para quem faz venda pela internet.

Por que usar o WhatsApp?

Números da última pesquisa da Mobile Time/Opinion Box, divulgada em fevereiro de 2020, confirmam a importância conquistada pelo WhatsApp em termos quantitativos. Segundo o estudo, o app está instalado em 99% dos smarthphones brasileiros. Nesse quesito, Facebook Messenger tem 78%, Instagram, 64%, e Telegram, 29%.

Além do destaque em termos de participação, o WhatsApp leva mais uma vantagem em relação aos concorrentes: a maioria do público (93%) acessa o aplicativo todos os dias. No caso dos concorrentes, Facebook Messenger ficou com 78%, Instagram, 76%, e Telegram, 27%.

É fato, também, que os formatos das mensagens trocadas é cada dia mais diversificado. Texto, imagem, áudio, vídeo e emojis são prioritariamente trocados no app.

Para as empresas, essa é uma informação importante, uma vez que confirme a necessidade de elaborar boas estratégias para essa área, explorando melhor todas as possibilidades disponíveis.

Quanto a finalidade da troca de mensagens com as empresas, os pedidos de informação ainda prevalecem, mas outros itens têm crescido. 65% dos entrevistados indicaram o recebimento de suporte técnico, 61% destacaram as promoções, 54% indicaram a compra e 47% citaram o cancelamento de serviços.

Como enfatizado no estudo, chama a atenção o fato de, em seis meses, ter subido de 69% para 76% a proporção de pessoas que têm se relacionado com as marcas via esses canais.

Quais as vantagens dos programas de afiliados?

Para quem atua com e-commerce, uma das vantagens do uso do WhatsApp para formar uma rede de afiliados é a taxa de resposta.

Comparativamente, ela costuma ser mais alta, por exemplo, do que a obtida com o uso das campanhas de e-mail marketing.

Como vimos no início do texto, o app figura com destaque entre as preferências do público. O brasileiro não apenas passa boa parte do dia conectado ao aplicativo, como tem se mostrado favorável ao contato com as empresas via esses canais.

Faz todo o sentido, então, que as empresas invistam para fazer negócios via esses canais. Nesse caso, vale lembrar que, além do programa de afiliados, muitas empresas têm usado a plataforma para fazer a venda direta de seus produtos e serviços.

Essa estratégia tem sido viabilizada a partir do emprego de aplicativos como o ZapCommerce. A proposta, desde o seu lançamento, foi justamente permitir que as lojas pudessem organizar melhor suas vendas no app, tornando-as mais profissional.

Para o programa de afiliados, vale o mesmo raciocínio. Parceria estabelecida com as marcas para a divulgação dos produtos e serviços, o objetivo é aproveitar os contatos para alcançar um número mais expressivo de potenciais clientes.

Para o e-commerce, o principal cuidado nesse tipo de operação é selecionar bem os parceiros, assegurando que a marca seja bem representada por eles.

Fique atento: os serviços de mensageiria são vistos como um canal pessoal, daí a importância de os contatos serem valorizados. Para isso, além do opt-in, é preciso planejar bem a abordagem do cliente, tratando-o de forma personalizada.

Vamos explicar no próximo tópico as iniciativas que funcionam bem quando se trabalha com o WhatsApp.

Como montar um programa de afiliados?

Antes de montar sua rede de afiliados via WhatsApp, é importante verificar se os parceiros estão preparados para abordar o cliente de forma profissional.

Apesar da facilidade de uso dos apps, fazer negócios via aplicativos de mensagens exige essa postura, não se deve confundir os espaços pessoais e corporativos. Para começar, então, é importante ter um número diferente do usado no pessoal.

Essa é uma medida preventiva para aprimorar o atendimento e ajuda também na parte operacional. É possível organizar melhor, por exemplo, os horários de contato. Devido à facilidade de uso da ferramenta, o cliente pode passar as mensagens quando for mais conveniente, mas é importante fixar os horários para as respostas.

Outra medida relevante é fazer a divulgação do número, optando por ele em vez de divulgar link de redes sociais, por exemplo.

No dia a dia das operações, visando o crescimento dos negócios, planejar o envio das mensagens com antecedência é fundamental.

Para quem vai atuar como afiliado de determinada marca, essa organização é ainda mais importante, uma vez que evita o excesso de mensagens.

Um conceito-chave para ter sucesso nessa área, assim como acontece com o e-mail marketing, é a personalização. Não faz sentido desperdiçar o uso de um canal tão importante com mensagens aleatórias.

Fique atento: a taxa de resposta do cliente no WhatsApp é mais alta porque o cliente está mais disposto a receber as informações. Porém, para que o interesse se mantenha, é preciso respeitá-lo.

Uma boa forma de garantir a adequação é trabalhar com base no conceito de jornada do cliente. Ou seja, a abordagem deve ser feita de acordo com o estágio no qual aquele cliente se encontra no funil de compras.

O post Como usar o WhatsApp para fazer um programa de afiliados apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Como usar o WhatsApp para fazer um programa de afiliados. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.