Ads Top

B2C e B2B: O Que são e Quais as Principais Diferenças

Ao planejar o lançamento de um novo negócio, é preciso saber se o seu serviço vai atender ao consumidor final,  outros negócios ou até para os dois perfis, como é o caso de algumas empresas que iremos mencionar e que você já deve conhecer.

Ou seja, é preciso definir se o seu negócio é business to consumer ou busines to business. E pra abreviar esses termos, foram criadas as siglas B2C e B2B.

Neste artigo você vai entender um pouco mais sobre estes dois conceitos, entender quais as diferenças e o que cada um deles tem como objetivo.

Continue lendo para conhecer negócios B2C e B2B.

B2C e B2B: O que são e quais as principais diferenças

Quando você está desenvolvendo um produto, um dos principais fatores a se levar em conta é qual a dor que ele soluciona.

Qual é o grande problema do seu cliente e como você pode solucioná-la através da sua proposta única de valor?

É nesse momento que você identifica se o seu produto atende ao consumidor final ou a outras empresas.

A partir disso, é preciso entender que clientes diferentes demandam abordagens diferentes, tanto no que diz respeito à forma de se fazer marketing quanto na forma de realizar as suas vendas.

Se você ainda não sabe se o seu produto é voltado para outras empresas ou para o consumidor final, este artigo com certeza te ajudará a entender melhor cada uma dessas formas de se fazer negócio.

Vamos entender como cada um deles funciona?

O que é B2C?

B2C é a sigla usada para Business to Consumer, que em português significa de Empresa para Consumidor. Essa abordagem é feita quando há o contato direto entre empresa e consumidor final.

Você, como consumidor final, consome produtos dessas empresas diariamente.

Um exemplo de empresa B2C bem conhecida no Brasil é o Nubank.

O Nubank surgiu para acabar com a burocracia e e revolucionar o mercado de serviços financeiros, começando pelo cartão de crédito que não possui taxa de anuidade.

Através da tecnologia e do design, o Nubank busca devolver aos seus clientes o controle sobre suas vidas financeiras.

E, além de ser um exemplo de empresa B2C, ainda foi considerada a melhor no ano de 2016 pela Latam Founders, que se trata de uma premiação para votar nos melhores líderes, influenciadores e empresas voltada para a área tecnológica.

O que é B2B?

B2B é a sigla usada para Business to Business, que em português significa de Empresas para Empresa. Isso quer dizer que aquela empresa atende outras empresas, como seus consumidores finais.

Por não estar sempre aparente para as pessoas, o B2B é muito comum no mercado e, por fazer negócios com empresas, acaba rendendo uma lucratividade muito maior.

Mas, por se tratar de uma negociação mais difícil e que precisa passar por várias pessoas antes que se tome a decisão de compra, acaba sendo um processo mais lento e demorado.

Um exemplo de empresa B2B que temos é a Sympla, que atende pequenas empresas no ramo de eventos. Através da plataforma você pode divulgar seu evento, vender ingresso e ainda consegue acompanhar o desempenho das suas vendas.

A Monetizze também é um exemplo de empresa B2B que, através do mercado de Produtores e Afiliados, disponibiliza diversos produtos tanto físicos quanto digitais em sua plataforma, que já está a 5 anos no mercado.

Quais as principais diferenças entre eles?

Por se tratar de dois modelos de empresas voltados para mercados distintos, existem muitas diferenças entre eles.

Vamos destacar algumas das principais.

Público-alvo

Já que são empresas completamente diferentes, cada um deverá ter seu próprio público-alvo.

Em empresas B2B, o público está relacionado com outras empresas. Dessa forma, seu cliente será a pessoa jurídica. Já em empresas B2C, você estará lidando com pessoa física, ou seja, o comprador final.

Ter consciência de qual é o seu público-alvo é muito importante, pois é a partir dele que você definirá suas estratégias de marketing.

Processo de vendas

O processo de vendas do B2B e B2C é basicamente o contrário. Enquanto o B2B trabalha mais com a razão, o B2C trabalha mais com o lado da emoção.

No processo do B2B, é necessário que haja a necessidade para a compra de tal produto ou serviço, que deve ser validado antes da realização da compra em si.

Leva-se em consideração dados de que comprovem que aquela compra será vantajosa para a empresa, gerando resultados positivos para outros negócios e empreendimentos.

Já no B2C, basta o desejo do cliente de realizar aquela compra, algo que é constantemente encorajado pelas campanhas de marketing. Afinal, ele não precisa justificar seu desejo de compra.

É esse diferencial no processo de vendas de cada modelo empresarial que irá nortear a escolha da linguagem utilizada para cada estratégia de marketing.

A escolha da linguagem

Hoje em dia, a maioria dos canais de comunicação (e-mail marketing, blogs, mídias sociais, etc) para as estratégias de marketing são os mesmos utilizados em ambos os modelos de empresa.

Mas, a linguagem com que o cliente será abordado deve ser personalizada, ou seja, não se utiliza a mesma linguagem usada no B2B para o B2C.

Para que você saiba qual tipo de comunicação usar, é importante que você tenha em mãos o perfil da sua persona, que possui todas as informações sobre o seu cliente em potencial.

Empresas que atendem B2C e B2B

Apesar de serem bem diferentes, existem também aquelas empresas que conseguiram conciliar os dois modelos e lucrar muito mais com esse método.

Um exemplo de empresa que atende tanto como B2B quanto B2C é o 99 Corp, que disponibiliza a opção de você se locomover pelo perfil corporativo, em casos que envolvam viagens de negócios, e também tem a opção de criar sua conta pessoal.

A 99 encontrou nesse método a chance de expandir ainda mais os seus negócios, trabalhando diretamente com outras empresas e com o consumidor final, oferecendo viagens seguras e mais em conta.

Outro exemplo de empresa que concilia os dois públicos é a Xerox, por distribuir seus produtos para grandes empresas e ainda oferecer diretamente para o consumidor final.

B2C e B2B

Marketing de Conteúdo para empresas B2C e B2B

Marketing de Conteúdo é um importante aliado na hora de conquistar clientes tanto para serviços voltados para empresas quando para o consumidor final.

É através da produção de conteúdo relevante que você levará a sua solução para quem ainda não a conhece, mas sofre das dores que ela resolve.

Como falamos anteriormente, é importante ter em mente a persona ideal do seu negócio, pois é ela que vai guiar a produção de materiais na sua estratégia de marketing de conteúdo.

É importante entender a jornada de compra dos seus consumidores, sejam eles outras empresas ou cliente final e como funciona o seu funil de vendas.

Todos os conteúdos produzidos devem atender ao objetivo maior de gerar uma venda.

O conteúdo que você criar irá definir o seu sucesso no empreendimento. Logo, é muito importante que você saiba exatamente qual linguagem usar, em cada canal de comunicação, para que sua estratégia de Marketing seja eficaz.

Marketing para B2C

O marketing para B2C é baseado em um bom relacionamento entre empresa e cliente, o desejo de compra e, é claro, o Brand Awareness que requer um bom marketing “boca a boca”.

Ter um bom relacionamento com o cliente torna sua empresa acessível e interessante para eles.

Hoje em dia é muito fácil criar esse tipo de contato entre cliente e empresa. Afinal, estamos vivendo em uma Era tecnológica onde o marketing digital tem grande importância nos negócios.

Você consegue criar esse vínculo com seus clientes através de conteúdos interativos, das redes sociais, um bom atendimento no pós-venda, etc.

Marketing para B2B

O marketing para B2B é baseado em dados, soluções duradouras e benefícios que irão definir se seu cliente irá ou não adquirir o seu produto.

Seu cliente aqui será a pessoa jurídica, por isso você precisará de mais do que estimular o desejo de compra desse cliente.

Você deverá encontrar uma maneira de convencê-lo a realizar a compra, através de dados e estudos de caso feitos baseados nas necessidades que ele possui.

Será necessário provar que a compra do seu produto irá resultar em benefícios e, o mais importante, irá ganhos a longo prazo sobre o investimento.

Conclusão

Agora que você já sabe o que é B2C e B2B e quais as principais diferenças entre eles, fica mais fácil definir qual o caminho que sua empresa irá tomar. Lembrando que, se for o seu caso, você pode trabalhar com os dois modelos.

Business to Business ou Business to Consumer? Qual representa a sua empresa atualmente? Mande uma mensagem para a gente através dos comentários.

The post B2C e B2B: O Que são e Quais as Principais Diferenças appeared first on Monetizze.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre B2C e B2B: O Que são e Quais as Principais Diferenças. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.