Ads Top

7 benefícios da inteligência artificial no varejo

Uma das características mais marcantes do setor de varejo é a quantidade de players que competem por espaço na preferência dos consumidores. O uso de recursos e ferramentas baseadas em inteligência artificial no varejo tem se tornando um importante aliado nesse processo de busca por meios de produção mais eficientes e soluções e experiências mais vantajosas aos clientes.

Ser diferenciado oferecendo bens e serviços por melhores custos, preços, experiências de venda e pós-vendas mais satisfatórias é essencial para as organizações que pretendem se manter competitivas e sobreviver na indústria varejista. Nesse sentido, a inteligência artificial (IA) é uma tecnologia capaz de influenciar todo esse processo e proporcionar melhores resultados para os negócios.

O objetivo deste artigo é aprofundar os conhecimentos sobre o conceito de inteligência artificial — principalmente aplicada ao setor de varejo e mostrar como as empresas podem se beneficiar com a sua utilização. Confira:

O que é inteligência artificial?

Antes de compreender como a inteligência artificial pode ser utilizada no varejo e os diferentes benefícios que oferece para esse segmento, é importante atualizar os conhecimentos sobre o que é.

A IA é um campo de estudo que evoluiu a partir da ciência da computação e o seu conceito remonta a praticamente o mesmo período do surgimento dos primeiros computadores.

A grosso modo, se pode afirmar que a inteligência artificial é a capacidade que máquinas e computadores têm de imitar o processo de raciocínio humano e a tomada de certas decisões de maneira autônoma.

Essa capacidade foi desenvolvida graças ao aumento do poder de processamento dos chamados softwares inteligentes. Desde então, o crescimento da IA tem sido exponencial, levando ao surgimento de várias tecnologias nela baseadas, aplicadas às mais diferentes situações.

Esses dispositivos computacionais dotados de habilidades para replicar atividades cognitivas humanas são usados hoje para finalidades distintas, como: o processamento de grandes quantidades de dados que potencializam melhores decisões, a racionalização de processos e novas formas de relacionamento entre clientes e empresas.

Machine Learning, visão computacional e chatbots são alguns exemplos de inovações baseadas em IA e que também são aplicadas em soluções para o varejo.

Quais os benefícios da utilização da inteligência artificial no varejo?

1 – Otimização do controle de produtos expostos e estoque

A tecnologia conhecida como visão computacional é uma ferramenta inovadora baseada em IA que confere aos computadores a capacidade de imitação da visão humana.

Essas soluções já são utilizadas no varejo como um recurso eficaz para o controle da quantidade de mercadorias em estoque e para o monitoramento dos produtos expostos em gôndolas e prateleiras, por exemplo.

Câmeras dotadas com esse recurso conseguem identificar quando um produto acaba e enviam avisos ao setor de compras sobre a necessidade de reposição.

2 – Melhor experiência do cliente

Ferramentas como o chatbot podem ser utilizadas para aprimorar o contato do cliente com a loja. Esse recurso dá a ele autonomia na busca por resolução das suas demandas com a apresentação de respostas pré-programadas.

Os chatbots simulam um atendimento pessoal e dão mais agilidade sobre dúvidas gerais e quebra de objeções. Assim, é possível tornar o trabalho realizado por atendentes humanos mais eficiente, pois podem se dedicar à resolução de problemas mais complexos e relevantes para os resultados da empresa.

O atendimento omnichannel também é um recurso que pode ser usado em conjunto ao chatbots. Ele torna o relacionamento do cliente com a organização mais agradável ao sincronizar vários canais de comunicação e suporte, aprimorando a experiência, potencializando o marketing orgânico e a fidelização.

3 – Identificação de padrões e tendências comerciais

Outro grande benefício da IA para o varejo é o seu poder de previsão baseado em pesquisa e análise de dados. Por meio de softwares inteligentes é possível determinar a evolução e padrões de consumo por cliente, além de identificar certos tipos de perfis que podem ser abordados de maneira mais certeira pela equipe de vendas.

O aumento ou a redução da demanda de determinado produto também é facilmente identificado, fazendo com que a empresa tenha o conhecimento necessário para gerir a compra de novos insumos para a produção ou mudar a sua estratégia comercial de acordo com o seu ambiente.

4 – Maior agilidade e eficiência

Por meio da IA é possível que os gestores responsáveis pela empresa tenham acesso a informações sobre o desempenho dos seus diferentes departamentos e adotem medidas que visam ao seu aprimoramento. Ferramentas como softwares de integração ERP também podem ser utilizadas em conjunto com a IA nesse sentido.

Processos lentos, excesso de burocracia e tarefas desnecessárias podem ser eliminadas por meio do uso de tecnologia de IA aplicadas à avaliação de documentos de compra, atendimento ao cliente e controle de mercadorias, por exemplo. Os resultados são: mais agilidade e mais eficiência da produção.

5 – Automação de tarefas

A inteligência artificial permite a automação de tarefas antes consideradas pouco eficientes, contribuindo para a redução de ações repetitivas e a fadiga no trabalho. Assim, os recursos humanos são melhor aproveitados em tarefas mais relevantes para o core business da empresa.

O atendimento feito por meio de chatbots também é exemplo dessa realidade. Com ele, os atendentes e a equipe de vendas podem focar em atingir metas de recuperação e suporte de clientes em vez de apenas tirarem dúvidas corriqueiras que podem ser facilmente respondidas por meio dos robôs de relacionamento.

6 – Ganhos em Inovação e Diferenciação

A utilização de algoritmos inteligentes de maneira conjunta com o Big Data permite um maior acesso a informações relevantes. Isso pode levar a insights sobre novos produtos, novas formas de prestação de serviços e a identificação de novas oportunidades de mercado.

Dessa forma, a IA consegue potencializar a inovação tanto em processos quanto na oferta de novos bens e serviços — conferindo à empresa a capacidade de se diferenciar e construir vantagem competitiva.

7 – Redução de custos desnecessários

Como vimos, as aplicações da IA permitem a redução de erros, eliminação de processos burocráticos e o fim de outras ineficiências por meio da automação e do melhor aproveitamento da análise de dados.

Como resultado, as empresas varejistas que adotam a tecnologia IA conseguem acabar com desperdícios e outros custos operacionais onerosos. Assim, os resultados financeiros de lucratividade e margem de contribuição são os mais beneficiados nesse sentido.

Como pode observar, existem inúmeras soluções baseadas em IA já disponíveis no mercado. Por isso, é importante contar com o apoio de empresas especializadas no ramo para ter a certeza de que essas soluções serão aplicadas conforme o perfil e as características específicas do seu nicho de atuação.

O post 7 benefícios da inteligência artificial no varejo apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre 7 benefícios da inteligência artificial no varejo. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.