Ads Top

Como aumentar a eficiência integrando canais de vendas físicos e onlines

Não é nenhuma novidade que a pandemia mudou o mundo como o conhecíamos. Todos os setores foram afetados e no varejo não foi diferente. Além disso, o que era tendência virou questão de sobrevivência e a transformação digital planejada para acontecer no decorrer de alguns anos levou poucos meses para ser colocada em prática.

O varejo mudou em decorrência das novas necessidades dos consumidores que mudaram também sua forma de consumir. Mais exigentes, eles querem um atendimento impecável em todos os sentidos e, se não são atendidos, saem em busca de outras marcas que o atenderão.

Desde o início da pandemia, um dos fatores que mais tem influenciado o varejo é o crescimento do comércio online, que devido às restrições em razão do coronavírus tem mudado o panorama do varejo como um todo.

Varejistas devem se adaptar ao novo consumidor e ao novo varejo para não perderem competitividade e, consequentemente, sua relevância no setor. Para isso, algumas estratégias devem ser adotadas, como as que aumentam a eficiência dos processos de venda das lojas virtuais.

Mas como implementar essas estratégias diante de um cenário pouco acolhedor para os donos de negócio? Como atender às demandas desses novos consumidores e se manter ativos de forma sustentável em uma economia volátil, sem a obrigação de ter de fazer altos investimentos?

Neste post vamos mostrar como otimizar sua operação usando a estratégia omnichannel para fazer a gestão integrada do e-commerce junto às lojas físicas, aumentando a receita do seu negócio.

Por que você deve ser Omnichannel?

Com o aumento das vendas online e a possibilidade de se vender através de aplicativos, marketplaces, redes sociais, entre outros, ficou evidente a necessidade do varejista de unificar as operações físico e online. Isso significa gerenciar de uma forma única, produtos, estoque e entrega, independente do canal de compra.

Comprar em uma loja virtual e retirar em uma das lojas físicas; trocar um produto em um franqueado; comprar na loja física e receber em casa. Tudo isso faz parte do novo varejo, mas para que isso possa acontecer é necessário ter uma operação omnichannel.

A omnicanalidade é chave para oferecer um atendimento unificado independente do canal de compra e isso, além de fidelizar clientes, ajuda a fortalecer a marca. Somente com uma operação omnichannel é possível ter uma visão integral e unificada de todos os estoques em tempo real, o que permite vender produtos a partir de qualquer canal, com a mesma facilidade.

A impossibilidade de abrir lojas físicas durante alguns meses por causa da pandemia, o receio dos consumidores de voltar a frequentar as lojas mesmo depois da reabertura e a necessidade de conveniência no consumo gerou uma revolução.

Os varejistas precisam adequar suas operações para não serem ultrapassados. Lojas com pouco movimento podem se transformar em um híbrido de loja aberta para o público e dark store, para atender também os pedidos feitos a partir de canais digitais.

No caso das dark stores, os modelos de delivery utilizados podem ser os mais variados, desde retirada na loja e despacho a partir da loja, até o envio para pickup points específicos. Isso otimiza espaços, diminui distâncias, faz girar o estoque e agrada os clientes e as consequências disso são custos de investimento e logística menores, maior eficiência e um provável crescimento na receita.

Ao disponibilizar o estoque de lojas físicas para pedidos feitos a partir de canais digitais você pode: encurtar a distância entre cliente e produto, aumentar o giro do estoque, reduzir a perda de venda por falta de estoque, levar o cliente do e-commerce para a loja física onde pode ser feito o upsell.

O upsell é uma prática bastante utilizada em operações omnichannel e visa oferecer ao cliente produtos os quais inicialmente ele não tinha a intenção de adquirir, aumentando o ticket médio e a receita.

Tecnologia Eficiente

Todas as práticas acima tem uma coisa em comum: a necessidade de uma plataforma omnichannel que possibilite reunir todas essas informações e funcionalidades em um só lugar de maneira eficiente e segura.

Por outro lado, essa plataforma precisa também ser extremamente simples, algo que integre com diferentes sistemas e consiga se adequar às peculiaridades de cada negócio.

É essa plataforma que vai permitir ter a visão de todos os estoques em tempo real e que vai fazer o roteamento inteligente dos pedidos para definir de qual loja sairá a mercadoria levando em consideração a localização do cliente.

Com os estoques unificados os clientes têm acesso a uma gama maior de produtos e não somente ao do e-commerce, por exemplo.

O estoque gerenciado com a ajuda da tecnologia, impede que produtos fiquem parados em armazéns por longos períodos, auxiliando também no planejamento da reposição dos estoques e de matéria prima.

Todas essas integrações sistemáticas implicam em uma conciliação fiscal bastante complexa. A tecnologia novamente vai ajudar o dono da loja a fazer o fechamento do caixa, incluindo operações como trocas e devoluções advindas de lojas físicas, e-commerces, franqueados, marketplaces, etc. de maneira simples tanto para o lojista quanto para o consumidor.

Conclusão

Bom, como vimos, nos dias atuais, para que uma empresa tenha sucesso em sua jornada é fundamental estar atenta às necessidades dos consumidores. Nesse sentido, se tornar Omnichannel é um passo imprescindível para que as marcas continuem competitivas e não sejam ultrapassadas por suas concorrentes.

Leia também: Comércio eletrônico registra maior crescimento na América Latina em comparação a outras regiões do mundo

O post Como aumentar a eficiência integrando canais de vendas físicos e onlines apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Como aumentar a eficiência integrando canais de vendas físicos e onlines. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.