Ads Top

Como o cálculo de cubagem afeta os custos de frete do seu e-commerce

Já ouviu falar em cubagem? Se você trabalha com e-commerce ou pretende entrar nesse mercado, está aí um termo que cedo ou tarde vai cruzar o seu caminho. A cubagem é um cálculo realizado por todas as transportadoras e impacta diretamente no preço do frete.

De acordo com a Neotrust, o comércio eletrônico registrou alta de 57,4% nos três primeiros meses deste ano em comparação ao mesmo período de 2020. Foram realizadas cerca de 78,5 milhões de compras online no trimestre, resultando em um faturamento de R$ 35,2 bilhões — alta de 72,2% na comparação com o ano passado.

Esses dados ilustram como o mercado brasileiro de vendas online está aquecido e como os serviços de frete para e-commerce estão sendo cada vez mais usados. Neste sentido, entender o que está por trás do cálculo que resulta no valor dos envios pode ajudar o lojista a fazer pequenos ajustes que o ajudarão a economizar no frete.

Saber o que é cubagem e como calculá-la é um desses processos que pode resultar em economia para o empreendedor. A seguir, você vai descobrir como essa conta é feita pelas transportadoras.

O que é cubagem no e-commerce?

Cubagem no e-commerce é um cálculo feito pelas transportadoras para determinar o metro cúbico (m³) de um pacote, ou seja, quanto volume ele ocupa nos meios de transporte. Essa conta é feita porque duas cargas podem ter o mesmo peso, mas ocupar um espaço diferente no bagageiro. E, neste caso, pode implicar em uma cobrança de taxa de envio diferente.

Entender os conceitos por trás da cubagem é muito importante. Afinal, dessa maneira o lojista evita embalar suas encomendas em caixas maiores do que o necessário — o que poderia acarretar em um valor do frete mais caro.

Para determinar o peso máximo suportado por cada metro cúbico em um modal de transporte, existe uma conta chamada fator de cubagem. Chega-se a esse valor pegando a capacidade total do veículo (em Kg) e dividindo-se pelo total de metros cúbicos.

Por exemplo, um caminhão de 15.000kg e 50m³ de capacidade terá um fator de cubagem equivalente a 300, ou seja, para cada metro cúbico de espaço, será possível transportar até 300 kg.

Para tornar o cálculo de cubagem mais assertivo e padronizado, as transportadoras para e-commerce adotam um fator de cubagem fixo. As principais empresas de envio de encomendas do país adotam o fator de cubagem de 6.000cm³, parâmetro estipulado pela IATA (International Air Transport Association).

Como calcular cubagem no e-commerce?

Tendo em mente que as transportadoras para e-commerce adotam um fator de cubagem fixo de 6000cm³, fica mais simples calcular a cubagem do pacote. A conta padrão é a seguinte:

Imagine que sua encomenda tem dimensões de 10x15x25 cm. Nesse caso, o cálculo de cubagem para enviá-la por uma transportadora seria:

Todas as transportadoras conferem as encomendas para checar tanto seu peso real quanto seu peso cúbico. Mas qual desses valores será considerado no cálculo de frete? Depende! Cada empresa tem um parâmetro para determinar se o envio será cobrado pelo peso real ou pelo peso cúbico.

Por exemplo: imagine que uma transportadora adotou como parâmetro limite o peso de 10kg cúbicos. Isso quer dizer que, se uma encomenda pesar até 10kg cúbicos, o envio será cobrado com base em seu peso real. Se ela pesar mais de 10kg cúbicos, prevalecerá o cálculo do frete com base no maior peso (seja ele real ou cúbico).

É por isso que usar embalagens do tamanho ideal para comportar o produto é uma iniciativa que pode baratear o frete. Se o lojista for enviar uma encomenda leve, mas colocada em uma caixa enorme, ele corre o risco de pagar o envio pelo peso cúbico e não pelo peso real — o que acarretaria em um frete mais caro.

Dicas para baratear o seu envio

Como você percebeu, se atentar à escolha da embalagem pode baratear o valor do frete. Outra dica é analisar se vale a pena usar embalagens diferentes para enviar encomendas que sejam destinadas ao mesmo endereço de entrega. Mas por quê?

Dependendo do tamanho da sua embalagem, pode ser que saia mais barato enviar duas encomendas separadas, e não pagar o frete pelo peso cúbico, do que enviar um grande pacote que ultrapassa os limites da transportadora e ser taxado pelo peso cúbico.

Parece complicado, mas é o tipo de coisa que é incorporada rapidamente no dia a dia do lojista que trabalha com e-commerce. Para facilitar, existem ferramentas de cálculo e compra de etiquetas de frete no mercado que já levam em conta o peso cúbico. Isso traz agilidade ao lojista e simplifica a gestão de frete do negócio.

Em todo caso, entender o conceito de cubagem e perceber que é possível economizar no valor do envio apenas se atentando à embalagem utilizada é importante para ajudar o empreendedor a otimizar os processos de sua loja virtual.

O post Como o cálculo de cubagem afeta os custos de frete do seu e-commerce apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Como o cálculo de cubagem afeta os custos de frete do seu e-commerce. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.