Ads Top

Abandono de carrinhos: como resolver o problema de US$ 4 trilhões

O abandono de carrinhos, também conhecido como “ghosting”, é um problema que todo e-commerce enfrenta. É tão comum que acontece quase 7 vezes a cada 10 inícios de compras.

Esse comportamento do consumidor custa muito caro para as empresas. Segundo uma análise do Business Insider, esse fenômeno de abandono de carrinhos equivale a uma perda potencial em lucros de US$ 4 trilhões por ano no mundo.

A boa notícia é que, de acordo com essa mesma análise, 63% dessas perdas podem ser potencialmente recuperadas por empresas conscientes desse problema.

Existem várias estratégias que podem diminuir o abandono de carrinhos no seu negócio. Para começar, siga a regra principal para uma boa experiência de checkout para o cliente: mantenha-o simples.

Separei 8 dicas para te ajudar nessa missão. Lá vai!

1 – Seja transparente quanto a custos adicionais.

Enviar mercadorias para os clientes exige um custo. Se a sua empresa vai repassar esses valores sob a forma de taxas de serviço, taxas de envio e manuseio, seja claro com o cliente e facilite isso para ele.

Ninguém quer esperar chegar até o carrinho para calcular o custo do frete. Por isso, disponibilize formas práticas de calcular esses custos e ajude o cliente a economizar tempo e não gerar expectativas diferentes.

Uma boa estratégia é incentivar os compradores a atingirem metas de compra em troca de frete grátis, descontos ou brindes. Isso porque, assim, você aumenta seus valores de venda e o cliente também sente que sai ganhando com isso.

2 – Permita que compradores rastreiem seu progresso de compra para obter frete grátis

Crie uma barra visual de progresso de compra para estimular o consumidor a alcançar os benefícios.

3 – Deixe os compradores criarem suas próprias listas de desejos

É comum o consumidor fazer múltiplas visitas ao site até a conversão da compra. Por isso, oferecer listas de desejos aos clientes vai acelerar essa jornada em vários passos, tornando mais fácil para os clientes continuarem de onde pararam.

Além disso, essa estratégia também vai gerar insights comportamentais para a sua empresa — com informações que você pode aproveitar para futuras campanhas de engajamento e redirecionamento.

4 – Faça recomendações inteligentes

Apresentar as sugestões corretas de produtos no momento certo pode ser uma estratégia muito eficaz para melhorar conversões e valor médio de pedidos da sua empresa.

Recomende os itens mais caros nas páginas de produtos, ainda dentro do processo de compra. Para oferecer recomendações no checkout, atenha-se a pequenas compras por impulso no valor de até R$ 30. Da mesma forma, evite sugerir produtos que requerem mais análises, pois isso pode levar a um abandono da página de checkout.

5 – Elimine etapas desnecessárias

Ninguém quer passar por um longo e complicado processo de compra. Portanto, ofereça um caminho simples e rápido, sempre que possível, com botões de “Comprar Agora” ou “Adicionar ao Carrinho”.

6 – Facilite ao máximo o pagamento

Quanto mais opções, melhor. Além das formas tradicionais de pagamento — como cartões de crédito e débito —, considere adicionar suporte para opções favoráveis para dispositivos móveis. Aqui, eu falo de opções como o PayPal, Apple Pay, Google Pay e Samsung Pay.

7 – Estabeleça confiança em cada passo da jornada de compra

Exiba selos de empresas que garantam a segurança do consumidor, como McAfee e Norton. Afinal, são detalhes que te ajudarão a construir confiança no momento do pagamento.

Procure também maneiras de estabelecer credibilidade em toda a experiência de compra do usuário. Você pode incorporar avaliações e depoimentos de clientes ou classificações da sua empresa nas mídias sociais, App ou Lojas Google Play, por exemplo

8 – Crie um processo indolor de checkout aos visitantes não-cadastrados

Incentivar os compradores a se cadastrarem em seu site é uma boa estratégia para coletar dados e facilitar compras futuras.

Porém isso requer uma disponibilidade do cliente e pode ser um impedimento. Ou seja, pode se tornar mais uma etapa para chegar ao final do processo de compra.

Você pode permitir que os clientes completem a compra como visitantes não-cadastrados, ou que façam o login usando suas contas de e-mail ou redes sociais.

Seguindo essas estratégias você pode diminuir consideravelmente o número de abandonos de carrinho da sua empresa e gerar cada vez mais lucros para ela.

Ainda assim, alguns carrinhos abandonados serão inevitáveis. Portanto, lembre-se de considerá-los e de fazer um planejamento eficiente para reengajar clientes. Minha dica aqui seria lançar campanhas de reconquista por cross-channel, por exemplo.

O post Abandono de carrinhos: como resolver o problema de US$ 4 trilhões apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Abandono de carrinhos: como resolver o problema de US$ 4 trilhões. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.