Ads Top

A importância da gestão multiplataforma para o pós-pandemia

O roteiro da pandemia da Covid-19 é conhecido por quase todos os varejistas brasileiros. Com a suspensão de atividades de grande parte das lojas físicas no país, o e-commerce e os canais digitais tornaram-se fundamentais para quem desejava manter o percentual de vendas. A questão é que essa transformação digital forçada remodelou também a forma de gestão dessas empresas. Foi preciso incorporar novos conceitos e métodos para conseguir melhores resultados — algo que só a gestão multiplataforma vai conseguir proporcionar daqui para frente.

A dificuldade de gestão do pequeno varejista

A pesquisa Panorama Varejo 2020, realizada pela plataforma de precificação Preço Certo, traz alguns dados relevantes para compreender o atual cenário de dúvidas e incertezas. Quase metade (48,4%) dos varejistas possuíam uma loja física; além disso, dois terços (66,8%) deles são pequenos empreendimentos, com até três colaboradores. Assim, é natural esperar dificuldades relacionadas à automação de gestão: 57,1% não utilizam sistemas empresariais (ERPs) e outros 54,5% não usam ferramentas automatizadas para gerir vendas. Em suma: na onda da digitalização, acabam realizando uma operação manual, como preencher planilhas sem fim.

Não houve preparo para esse movimento. De uma hora para outra, a digitalização deixou de ser desejo para se tornar realidade. Assim, esse varejista se vê começando no e-commerce, com operação ainda pequena, não conhece o segmento nem sabe como funciona. É preciso escolher os melhores canais, o modelo de negócio, o nicho em que vai atuar, os sistemas a serem utilizados, entre tantos elementos que dependem de sua decisão e aprovação. Todas essas funcionalidades precisam, portanto, estar centralizadas em uma única plataforma, permitindo uma visão mais completa da gestão e garantindo mais agilidade na tomada de decisão.

Gestão multiplataforma

Por muito tempo, contar com sistemas sob medida era a alternativa mais adequada nessas situações. Afinal, o fornecedor de tecnologia conseguia desenhar uma ferramenta adequada à realidade e aos objetivos do negócio. Mas o que fazer no atual cenário, quando não há definição clara das metas a serem seguidas tampouco do tamanho que se pretende alcançar? Para responder à essa pergunta que surgiu a proposta de uma gestão multiplataforma dentro do segmento de comércio eletrônico. Nesse modelo, em vez de uma solução personalizada, o lojista recebe diversas funcionalidades e pode utilizá-las conforme julgar necessário.

Em um primeiro momento, muitos questionam: será que preciso de tudo isso? É uma dúvida válida. Mas, quando falamos de e-commerce e canais digitais de vendas, não há receita de bolo — nem para um período normal, tampouco para um cheio de incertezas como o que vivemos atualmente. O segredo é apostar na velha e boa tática de tentativa e erro, mas com correção rápida para atingir o resultado esperado o quanto antes. Assim é possível saber o que essa solução de gestão multiplataforma tem a oferecer e como ela pode agregar em sua estratégia de venda. Tudo passa a ser centralizado lá: gestão, finanças, marketing, logística e tantos outros pontos essenciais à operação.

Agilidade no negócio

Adotar a gestão multiplataforma traz, portanto, a agilidade esperada para o e-commerce no cenário de pós-pandemia — com a expansão cada vez maior das lojas virtuais. Essa proposta centraliza a gestão em um único software e permite várias conexões com outros sistemas — até mesmo com a possibilidade de a equipe de TI de uma empresa criar o que ainda não existe, desenvolvendo soluções únicas para sua rotina dentro dessa plataforma. Só o varejista é capaz de saber e identificar o que é melhor para seu público. Com esse recurso, a tecnologia dá o suporte necessário, colocando tudo o que pode ser melhor para o negócio.

O post A importância da gestão multiplataforma para o pós-pandemia apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre A importância da gestão multiplataforma para o pós-pandemia. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.