Ads Top

SEO é alternativa para posicionar o seu e-commerce no Google Shopping

O Google Shopping é uma plataforma de compras diretas criada em 2011. À época de seu lançamento, era possível anunciar de forma gratuita e paga. Contudo, após alguns anos, a opção de anúncios grátis deixou de existir, transformando a plataforma de anúncios em mais uma opção paga.

Em 2020, como uma das alternativas para incentivar pequenos e médios e-commerces a aumentarem suas vendas, o Google anunciou que o Shopping seria gratuito novamente. A iniciativa surgiu para amenizar a crise econômica ocasionada pela pandemia do novo coronavírus.

Em março foi dada a largada da plataforma gratuita, começando pelos EUA. Segundo o Google, até o final de outubro de 2020 a opção gratuita será liberada para todos os países.

Com isso, foi aberto mais um canal de vendas para os e-commerces. Porém, agora vem o x da questão:  como adquirir ou aumentar tráfego orgânico — e consequentemente as vendas — dentro do Google Shopping? Como se destacar em meio à concorrência?

Como anunciar no Google Shopping ?

Primeiro passo, crie uma conta no  Merchant Center. Feito isso, siga os passos abaixo:

  • Faça login no Merchant Center;
  • Clique em crescimento no menu de navegação;
  • Vá em gerenciar programas;
  • Selecione Surface no Google;
  • Adicione os produtos usando um feed de produtos;
  • Verifique o seu site;
  • Confirme se é mesmo o site que pertence à sua loja virtual;
  • Clique em ativar para completar a configuração.

Pensando em resolver as dificuldades com relação a tráfego orgânico e vendas, darei dicas práticas de SEO que podem te ajudar a vender mais.

SEO para Google Shopping: principais pontos de atenção

Saiba que executar as otimizações de SEO dá bastante trabalho. Mas as possibilidades de ROI são muito atrativas.

Imagem

A parte visual é muito importante para os e-commerces. Dei algumas dicas sobre isso no artigo sobre Compra Racional x Cortical. Mas, se tratando de Google Shopping, o Alt text e title corroboram com fatores de acessibilidade e ranqueamento.

Título

O nome do produto servirá como título. Por esse motivo muita atenção para evitar erros.

Descrição

Veja que nesse ponto trata-se de um espaço para mostrar os benefícios do seu produto ao potencial comprador. Evite utilizar jargões muito técnicos, salvo em caso de necessidade. Utilizar o conceito do 4P do marketing digital é uma boa.

Avaliação

Estas acontecem de forma natural, mediante satisfação ou insatisfação dos clientes. Porém, muita atenção: avaliações negativas podem prejudicar o posicionamento dentro da plataforma. Além disso é prejudicial para as vendas. Lembre-se, pessoas acreditam em pessoas.

Classificação do produto

Dentro da plataforma é possível filtrar os resultados por preço e avaliação. Minha dica é sempre que possível peça review aos cliente satisfeitos — para aumentar suas chances de persuasão e posicionamento.

Dados estruturados

Para você entender a importância desse aspecto, começo com a frase do especialista em SEO Técnico, Charles David:
“Sem eles, praticamente não conseguimos os resultados esperados. Principalmente quando o assunto é e-commerce. Ainda mais se falarmos da concorrência, que está bem maior com este nosso novo normal” – Charles David.
Agora que você entendeu melhor a importância dos dados estruturados, falarei dos principais benefícios dessa utilização — que visa facilitar a compreensão dos motores de busca em relação aos seus produtos, conteúdo, imagens e etc. Para tanto, segue mais uma frase do especialista:
“Essas marcações servem para ativar a pesquisa aprimorada e atrair os compradores enquanto pesquisam na SERP. Além disso, mantêm as informações atualizadas direto na pesquisa” – Charles David.
Porém, para aprender a como implementar, recomendo a leitura do Suporte do Google.

E, por fim, vamos aos dados:

Pesquisa State of Search Brasil

Nessa pesquisa, realizada pela SemRush, Opinion Box e Hedgehog Digital no primeiro semestre desse ano, foi identificado o comportamento de busca dos brasileiros.

No que diz respeito ao Google Shopping, a pesquisa revelou que ele se tornou a funcionalidade mais utilizada pelos usuários, vencendo a disputa com 40% de uso.

Aproveite que essa funcionalidade é de graça e adicione seus produtos por lá. Não esqueça de otimizar bem a sua loja virtual também.

O post SEO é alternativa para posicionar o seu e-commerce no Google Shopping apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre SEO é alternativa para posicionar o seu e-commerce no Google Shopping. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.