Ads Top

Como aumentar seu ticket médio com kit de produtos

Alguns lojistas sofrem com esse comportamento de compra: muitas vendas, mas com ticket médio muito baixo.

Em alguns casos, o valor do frete fica mais caro que o próprio produto e ninguém fica contente com a situação. Nem o lojista e nem o cliente.

Mesmo que você venda muito, o ticket médio atrapalha a logística. Uma vez que você precise de 100 vendas para vender R$ 2.000,00, são 100 processos logísticos, entregas e uma série de problemas que podem ocorrer.

Por outro lado, imagine faturar os mesmos R$ 2 mil, mas desta vez com apenas 30 vendas? Teoricamente, o número de vendas diminuiu drasticamente. Entretanto, todo o processo de vendas ficou simplificado.

Desta forma é difícil que uma empresa com um ticket médio extremamente baixo mantenha uma boa saúde financeira.

Sendo assim, vou te mostrar uma estratégia para aumentar seu ticket médio por meio de kits de produtos. Vendendo mais, para as mesmas pessoas!

O que é um kit de produto?

O nome já é autoexplicativo. O kit de produto consiste em reunir diversos produtos em um kit e vendê-lo como se fosse apenas um produto.

Exemplo de kit de produto

Imagine uma loja de decoração de festas. São vários produtos: utensílios descartáveis, bexigas, itens de decoração de personagens infantis, minibrinquedos para sacolinha surpresa, plaquinhas com frases e muito mais.

Agora vamos à prática. O tutor entra na loja para fazer uma festa simples ao filho. Fica procurando copos, talheres e bexigas, todos esses itens espalhados separadamente. A probabilidade que o ticket médio dele seja baixo é muito grande.

Em outra situação, ele entra na loja e se depara com o Kit de Aniversário Homem-Aranha. Ele conta com todos os utensílios descartáveis na cor do personagem, sacolinha surpresa estampada, bexigas nas cores e itens de decoração do personagem — para mesa e parede.

Pronto. Qual é mais fácil para o cliente e muito mais intuitivo? Justamente o kit que tem tudo que ele precisa para realizar uma festa completa!

Consequentemente, ele levará mais produtos que levaria separadamente. E, consequentemente, aumenta o ticket médio da compra.

Como montar um kit de produto?

Preciso lembrar que um kit de produto não se monta de qualquer jeito! Como mostrei no exemplo anterior, é importante que ele tenha um contexto e seja útil para o cliente.

Não adianta criar um kit de produto com bolinha de tênis, camisa de futebol e bola de vôlei. Pode ser que alguém compre? Sim. Mas é bastante improvável que alguém esteja precisando de itens tão específicos de três esportes distintos.

Na hora de montar seu kit, veja produtos que tenham relação entre si e que um colabore com o outro:

  • Loja de Maquiagem | Kit para Contorno: Paleta de contorno, pincel chanfrado e pincel para contorno;
  • E-commerce de Esportes | Kit Craque do Jogo: Meião, chuteira e bola de futebol society;
  • Loja de Papelaria| Kit Organização de Estudos: Agenda, kit de carimbos, canetas simples, canetas coloridas e canetas marca texto.

Entendeu a relação? Para o kit de produtos funcionar no e-commerce, é de suma importância que os produtos estejam diretamente relacionados.

E sim, é possível fazer isso em qualquer segmento, não só naqueles que possuem ticket médio baixo. Então, quem já possui um ticket médio alto, pode faturar ainda mais!

O post Como aumentar seu ticket médio com kit de produtos apareceu primeiro em E-Commerce Brasil.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Como aumentar seu ticket médio com kit de produtos. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.