Ads Top

Personal Branding: Invista em Sua Marca Pessoal

Como você quer ser lembrado pelo seu público?

Essa é uma questão de grande importância. Afinal, isso irá definir como as pessoas veem a sua marca e, principalmente, você.

Para que seus clientes saibam quem você é e o que tem a oferecer, você deve investir em Personal Branding.

Personal Branding: Invista em Sua Marca Pessoal

O que é Personal Branding?

Personal Branding é basicamente a gestão da sua marca pessoal. Através dele você irá encontrar o seu diferencial, além de criar um posicionamento e aprender a representar a sua empresa

Com isso, você poderá se tornar uma pessoa mais relevante no mercado e uma influência para seu público alvo.

Por que investir em sua marca pessoal?

A cada dia que passa, novos profissionais entram no mercado de afiliados. Isso faz com que o número de concorrentes aumente, é claro. E, para que você não seja apenas mais um, você precisará se destacar no meio deles.

O Personal Branding é uma das maneiras que irá fazer com que você seja reconhecido, mesmo no meio de tantas opções.

Esse já é um bom motivo para começar a investir em sua marca pessoal, mas não é o único.

Tendo uma marca pessoal bem definida, você terá autoridade no nicho em que for trabalhar. Afinal, você estará bem posicionado graças ao Personal Branding. 

Vamos dar um exemplo.

Se você trabalha no mercado de afiliados vendendo produtos para emagrecer, e quer ser referência neste nicho, você precisará definir seu foco principal nesses produtos, na persona desse nicho e entender como trazer esse público até você.

Isso pode ser feito através de produção de conteúdos em vídeo, e-books gratuitos e demais formas de disponibilizar seu material para o público-alvo. 

Através do Personal Branding você conseguirá alcançar um maior número de pessoas e tornar tanto sua marca quanto seu produto em algo relevante.

Mas, por que buscar ser uma autoridade no seu nicho e, consequentemente, no mercado de afiliados?

Porque ela lhe trará reconhecimento, espaço no mercado e no seu nicho, valorizará o seu produto e passará mais confiança ao seu público.

Lembrando que, para ser uma autoridade a longo prazo você precisará investir não só em sua marca pessoal, mas também em seus produtos.

Não adianta investir em si mesmo e oferecer produtos medianos ou ruins. Isso pode funcionar no começo, mas logo perderá a credibilidade e isso irá afetar também seu personal branding.

Dicas para começar a criar seu Personal Branding

Tenha seus objetivos definidos

Pelo que você quer ser lembrado? Quais os valores de sua marca? Qual sua persona?

Essas questões são importantes para começar a traçar seus objetivos. Lembrando que você deve ter um foco principal, por isso você precisa saber qual o grande motivo por trás dessas metas.

Além disso, você precisa dominar o nicho em que for trabalhar. Para que você se torne uma autoridade no que faz esse é o primeiro passo. 

Por exemplo.

Se você quer ser um afiliado e vender produtos para emagrecimento, será preciso conhecer esse mercado, as dúvidas e as necessidades da persona que compra produtos nesse nicho.

Sua ideia é ser referência no mercado? Então defina o que você precisará fazer para alcançá-la. Tudo através de um bom planejamento, que é essencial para começar.

Tenha um storytelling interessante

Para que sua marca pessoal tenha credibilidade e se mostre eficiente, é essencial ter um bom storytelling. Que nesse caso, nada mais é que contar a sua própria história..

Essa técnica é utilizada por produtores e afiliados para despertar o interesse no leitor, convencendo-o a efetuar alguma ação. E ter um storytelling sobre sua marca pessoal irá torná-la mais humana, mais real.

Por exemplo.

Você pode criar um storytelling para falar sobre algum momento mais conturbado em sua vida, o que te fez chegar aonde chegou, mostrar que foi preciso muito trabalho e, assim, você se tornará mais real para seu público.

Em técnicas de Copywriting é muito comum também haver o storytelling. 

Utilize as redes sociais

Estar presente nas redes sociais é quase uma obrigação para quem trabalha como produtor ou afiliado, afinal o Marketing Digital possui grande importância nesse mercado.

Você pode oferecer um curso excelente, mas se não investir em sua marca pessoal pode acabar ficando esquecido. Afinal, a maioria das pessoas estão no Instagram, Twitter, Linkedin, e demais meios de comunicação, e você precisa estar presente para abordá-las.

Você não precisa estar necessariamente em todas elas ativamente, mas tenha o cuidado de estar sempre presente nas que seu público alvo geralmente acessa.

Por exemplo o Instagram, que hoje é uma das redes mais utilizadas para se comunicar com o cliente. Através dele você pode falar um pouco mais do produto que está vendendo, dar dicas e oferecer conteúdos complementares e até mesmo tirar dúvidas.

Outra rede que é essencial para quem quer empreender e ter reconhecimento de marca, é o Linkedin. Ele é uma rede social de negócios, voltada para relacionamentos profissionais.

Ela pode ser usada para procurar emprego, fazer parcerias e, o mais importante no quesito Personal Branding, fazer Networking.

Você pode utilizar essas redes, por exemplo, para divulgar provas sociais sobre seu conteúdo. 

Isso lhe trará mais credibilidade no mercado e chances de conquistar novos clientes. E ainda irão mostrar para o seu público que seu conteúdo é confiável.

Ah, se você está começando agora não se preocupe. Você pode utilizar o que tiver ao seu alcance para criar seus conteúdos. Com o tempo essa produção pode ser aprimorada.

Mas que fique a dica, você não precisa de nada mais além de você mesmo para começar.

Pense na sua carreira como se fosse o produto a ser vendido

No mercado de afiliados os esforços são voltados para a venda dos produtos, não é? Por que não pensar na sua marca da mesma forma? Afinal, você precisa convencer as pessoas de que elas precisam do que você tem a oferecer a elas.

Pensando em sua marca como um produto, e investindo nela, você conseguirá alcançar um público maior. Mas como fazer isso?

Bom, ao seguir as dicas que foram dadas acima você estará fortalecendo o seu Personal Branding. E isso é o necessário para começar a moldar sua imagem perante o seu público.

Por exemplo.

Ao tentar vender um produto você aplica estratégias para chamar a atenção do seu cliente. Você pode fazer o mesmo com sua marca pessoal, através da disponibilização de conteúdos através de suas redes/blog; sendo acessível e tirando as dúvidas que aparecerem; criando contatos e se mostrando uma referência no mercado.

Conclusão

Ter seu Personal Branding pode mudar o rumo dos seus negócios. E agora que você já sabe disso, e conhece alguns meios para começar a traçar a gestão da sua marca pessoal, chegou a hora de começar a planejar (lembra da primeira dica?) o que precisará ser feito.

Se ficou alguma dúvida quanto ao assunto, fique a vontade para deixar um comentário abaixo para a gente.

Até a próxima!

The post Personal Branding: Invista em Sua Marca Pessoal appeared first on Monetizze.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Personal Branding: Invista em Sua Marca Pessoal. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.