Ads Top

Diferença entre site e landing page, quando e como usar cada um?

Existem muitas diferenças entre site e landing page, desde o objetivo da criação da plataformas até a sua estrutura. 

Enquanto a landing page é uma página única com o objetivo de converter um visitante em lead, um site é composto por uma variedade de páginas que informam sobre o negócio, produtos, contatos etc. 

Para que você entenda a diferença entre site e landing page, a seguir, vamos apresentar o que é site e o que é landing page. Confira!

O que é Site?

O site é uma plataforma completa, com informações diversas sobre a sua empresa e menus clicáveis que informam sobre:

  • produtos;
  • serviços;
  • contato;
  • clientes antigos;
  • cases;
  • blog e mais. 

O objetivo do site é apresentar sua empresa para um usuários que acessam o endereço. 

Geralmente, o site tem um foco institucional e é fundamental para rankear as páginas da sua empresa no Google.

É importante que você considere um site responsivo, afinal, atualmente grande parte dos acessos aos sites é feita a partir de dispositivos mobile. Pela mesma razão, atualmente, o Google prioriza no ranking, sites responsivos. 

Leia também: Como rankear no Google: os 5 segredos de SEO para site

Abaixo a imagem do site da QuantoSobra. Confira a presença de todos os elementos que apresentamos acima. Ainda neste artigo você verá um exemplo de landing page também da QuantoSobra, assim ficará mais fácil entender a diferença entre site e landing page. 

Diferença entre site e landing page

O que é Landing Page? 

A landing page tem o objetivo único de conversão de um visitante em lead. 

Geralmente, apresenta uma oferta de valor para o usuário, com o objetivo de convencê-lo a se inscrever no formulário. 

A anatomia da landing page é composta basicamente por:

  • título com oferta;
  • formulário;
  • botão de CTA. 

Em alguns casos, são apresentadas vantagens para incentivar o usuário a se inscrever e acessar o benefício divulgado. 

O tipo de oferta da landing page varia de acordo com a etapa do funil de vendas. Por exemplo, landing pages de topo e meio de funil geralmente oferecem:

  • e-books;
  • planilhas;
  • white paper;
  • checklists. 

Campanhas de fundo e meio de funil oferecem:

  • planos premium de uma solução;
  • chamam para contato com um consultor;
  • apresenta demos;
  • convidam para webinars e mais. 

A diferença entre site e landing page é que a segunda não oferece várias opções de menus, nem diversas opções para o usuário clicar. A landing page não tem páginas extras. É apenas uma página, com um discurso, um formulário e um CTA. 

O formulário deve solicitar informações de contato do visitante em troca de uma oferta, como um ebook. 

Em suma, a landing page é uma ferramenta de captação de leads

Como prometido, a seguir, apresentamos um exemplo de landing page da QuantoSobra. Esperamos que assim fique mais fácil entender a diferença entre site e landing page. 

Diferença entre site e landing page

Diferença entre site e landing page: o que é melhor para sua empresa?

A verdade é que responder qual das duas é melhor seria um erro.

Site e landing page são ferramentas diferentes e não são capazes de substituir a função uma da outra. 

Elas são complementares e atendem a demandas diferentes de uma estratégia de marketing digital e de Inbound Marketing

Por isso, se você quer resultados satisfatórios para os diferentes indicadores de marketing digital, considere a criação de um site e utilize as landing pages de acordo com o sua estratégia. 

Como criar uma landing page? 

Se você está considerando inserir as landing pages em sua estratégia de marketing, indicamos que leia nosso artigo com um passo a passo prático sobre Como criar uma landing page para gerar mais conversões”. 

As landing pages fazem parte da etapa de conversão de uma estratégia de Inbound Marketing e têm capacidade de gerar um volume de leads estratégico para ampliar taxas de conversão e diminuir custos de aquisição de cliente

A LAHAR é uma solução completa de automação de marketing, que abrange desde atração de visitantes para seu site até a passagem de leads para a equipe de vendas, passando, é claro, pela captação de leads.

Por meio da criação de landing pages que podem ser confeccionadas na própria plataforma da LAHAR, o usuário pode captar os contatos de seu público-alvo, oferecendo materiais educativos, ofertas de produtos e/ou serviços ou ainda um contato com a empresa.

Uma vez gerados os leads, você pode fornecer uma pontuação para cada lead e qualificá-los (lead scoring), com base no comportamento de cada um e de acordo com o que a sua empresa cadastrou como um comportamento valioso.

Dessa forma, você vai avançando seu lead pela jornada de compra e desenvolvendo seu relacionamento com ele, até levá-lo ao momento da compra.

Veja algumas das funcionalidades que você pode usufruir da nossa ferramenta de automação de marketing:

  • Criação de landing pages sem necessidade de equipe de TI
  • Automação de fluxos de e-mails de forma personalizada e escalável
  • Programação de e-mails marketing pela plataforma
  • Acompanhamento e agendamento de publicações nas redes sociais
  • Gestão dos contatos da sua base (Lead Scoring e Lead Tracking)
  • Relatórios dos diferentes canais reunidos em um painel

Agora que você conhece a diferença entre site e landing page, entre em contato com a gente e saiba mais como você pode se beneficiar com a automação de marketing para o seu negócio.

O post Diferença entre site e landing page, quando e como usar cada um? apareceu primeiro em Blog LAHAR - Tudo sobre Automação de Marketing para PMEs.

Na próxima semana farei mais um review com depoimento e resenha sobre Diferença entre site e landing page, quando e como usar cada um?. Espero ter ajudado a esclarecer o que é, como usar, se funciona e se vale a pena mesmo. Se você tiver alguma dúvida ou quiser adicionar algum comentário deixe abaixo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.